– Os erros e acertos no desabafo de Romero, atacante estrangeiro do Corinthians

O jogador corintiano Romero reclamou que há má vontade por parte da imprensa com ele pelo fato de ser paraguaio. Deixou no ar que sofre de xenofobia e se entristece quando seu país é denegrido.

E ele tem razão?

De certo modo, quanto à imagem do Paraguai, sim. Se um whiski é falsificado, falamos que não é escocês, mas deve ser paraguaio. Se um time está na ponta de cima da tabela mas se duvida da força de conquistar um campeonato, se chama de “cavalo paraguaio”.

Sobre a perseguição pessoal, aí não. Romero é voluntarioso, mas tecnicamente fraco. Veja se outros estrangeiros como Dario Pereira (Uruguai), Elias Figueroa (Chile), Conca (Argentina), Arce e Gamarra (ambos do Paraguai) reclamaram de má vontade da imprensa pelo local de nascimento deles.

Repito: Romero tem razão quando fala que vê o desdém do brasileiro às coisas do seu país (imagine um brasileiro vendo um compatriota sendo chamado de “macaquito”), mas não a tem quando se queixa do pouco reconhecimento à sua habilidade como futebolista.

E você, pensa o quê: Romero tem ou não razão?

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.