– Análise da Arbitragem de Paulista 2×1 São Carlos

Ótima arbitragem no Jayme Cintra. O árbitro Rafael Gomes Félix da Silva esteve muito bem, em um primeiro tempo eletrizante e limpo, mas num segundo tempo nervoso e difícil.

Fisicamente, correu o campo todo (e olha que a partida foi muito veloz). Em faltas: 18×18. Em cartões amarelos: 5×3. Em gols: 2×1.

Tecnicamente, discerniu as divididas mais viris de faltas ou não-faltas, e coibiu os “encontrões” pelo alto, fazendo ótima leitura da aplicação de vantagens.

Disciplinarmente, mostrou autoridade e advertiu com cartões corretamente os atletas, em especial no entrevero entre Zé Augusto e Moisés. O jogador do Paulista foi empurrado e, se não reage, somente o seu adversário receberia a advertência. Mas como quis reclamar e ficou discutindo, foi advertido (o chamado cartão infantil). Aliás, vários cartões que ambas equipes poderiam evitar.

Destaco o trabalho em equipe: juiz, bandeiras e quarto árbitro mostraram que houve um bom plano de trabalho nos vestiários (houve até vantagem em impedimento).

Gostei bastante do meu xará e espero ver esse mesmo trio sendo escalado em jogos mais importantes (claro, desejando o mesmo bom rendimento).

Um detalhe: a torcida do Paulista evitou um erro cometido em outras praças: gritar BICHA em tiros de meta, o que pode levar à punição da equipe. Em Jundiaí, a torcida gritou “vamo-vamo Galoooo nessas situações. Parabéns! Assista em: http://www.youtube.com/watch?v=u392KBwkJxE

Aproveito e compartilho: os 30 segundos finais e mais um minuto de festa após o apito final.

Aqui, em: http://www.youtube.com/watch?v=LvMELijecXs

– Tevez e o seu lamento: sincero ou não?

Carlitos Tevez se despediu do Boca Jrs em carta, pois acertou com um time da China.

Nas suas palavras: choramingou, lamentou, fez juras de amor e blábláblá, pois estava saindo do seu time.

Ora, se gosta tanto do clube, rico como está, por que foi para a Ásia? Ficasse em Buenos Aires.

Nestas horas, o dinheiro vale mais do que o sentimento. É o caso de Tevez.

bomba.jpg

– O Wally do crime se deu mal!

O bandido se disfarçou da Polícia e se caracterizou de “Onde está o Wally”. Esbanjou criatividade ou não?

Abaixo, extraído de: https://noticias.uol.com.br/tabloide/ultimas-noticias/tabloideanas/2017/01/10/procurado-suspeito-se-veste-como-wally-no-facebook-para-provocar-a-policia.htm?cmpid=tw-uolnot

PROCURADO, SUSPEITO SE VESTE COMO WALLY NO FACEBOOK PARA PROVOCAR A POLÍCIA

Um homem que estava sendo procurado pela polícia britânica fez uma série de posts nas redes sociais vestido como Wally (de “Onde está Wally”) antes de se entregar ainda caracterizado com o personagem.

A polícia de North Yorkshire, no Reino Unido, informou que passou o último final de semana procurando J. J. McManamin, de 30 anos, acusado de ter cometido diversas infrações no trânsito.

O inglês sabia que estava sendo procurado e, por isso, mudou sua foto no Facebook por uma vestido como Wally. Em seguida, o sujeito fez vários posts baseados no personagem para tirar um sarro com a polícia.

“Caras, eu tô bem aqui”, postou o inglês, que afirma trabalhar como jóquei.

McManamin ainda postou um vídeo vestido de Wally e, que falava de seus planos de se entregar. De fato, o sujeito compareceu à delegacia fantasiado e acabou preso.

bomba.jpg

– São Carlos, o adversário do Galo irá ser julgado por…

… culpa da sua torcida!

Algumas coisas que podem ser evitadas e que são proibidas pelas leis do futebol, devem ser obedecidas.

Pelo fato dos torcedores do São Carlos chamarem o goleiro do Vasco da Gama de “bicha” na última rodada, e também por soltar sinalizadores, o estádio Luís Augusto de Oliveira está sob observação da FPF e o clube foi citado em súmula, com julgamento dentro em breve (isso é informação).

Será que o jogo Paulista x São Carlos não foi para São Carlos como outrora estava programado pela FPF por culpa desse fato(isso aqui é simples indagação, não informação).

Evitemos problemas no Jayme Cintra, amigos.

O relato de tudo isso feito pelo árbitro, abaixo:

“Informo que aos 28 minutos foram soltos na torcida do São Carlos Futebol Ltda sinalizadores em pó coloridos, na cor azul. Informo que não houve necessidade de paralisar a partida pois a fumaça colorida cessou rapidamente.
Informo que aos 54 minutos, após o gol da equipe do São Carlos Futebol Ltda, paralisei a partida por 02 minutos devido a torcida do São Carlos Futebol Ltda acender sinalizadores (fogos de artifício). Solicitei junto ao policiamento a providencia para que este sinalizadores fossem apagados, onde o responsável passou o rádio ao policial que estava no meio da torcida para resolver este problema.

Informo que em todas as reposições de bola feitas pelo atleta de n°. 01, sr. João Pedro Soares Borges, da equipe Club de Regatas Vasco da Gama (RJ), a torcida do São Carlos Futebol Ltda gritava em alto e bom som: ‘BICHA’.”

Enfim, sobre o problema dos gritos homofóbicos, já escrevemos em: http://wp.me/p4RTuC-hDi

bomba.jpg

– A Carta Capital tem um Perfil Fake ou escreveram a sério?

Custa a crer que não “sabotaram” o redator do twitter da Revista Carta Capital: um dos tuítes do perfil @cartacapital diz: “Queimar ônibus é uma das expressões da luta pelo direito humano ao transporte público”.

Ô louco! Isso é incitação à violência, uma grande bobagem. Manifestações, sejam quais forem elas, em uma sociedade democrática e ideal devem ser pacíficas. Aliás, se isso fosse correto, imagine se os manifestantes ateassem fogo nas redações em nome do direito humano de livre expressão”?

Pisada total na bola.

bomba.jpg

– Que feio, Água Santa. Tumultuando a Copinha?

Um “mico”: na Copa São Paulo de Futebol Jr, em Diadema, invasão de campo, agressão e árbitro marcando gol desmarcado. E mesmo sem clima, a partida foi até o final!

Veja só que “desagradável”, abaixo,

em: https://refnews.wordpress.com/2017/01/13/arbitragem-e-agredida-em-jogo-da-copinha-sp-junior-em-diadema/

ARBITRAGEM É AGREDIDA EM JOGO DA COPINHA SP JÚNIOR EM DIADEMA

Assistente anulou gol, torcedores partiram para cima e árbitro volta atrás na marcação.

Água Santa e Juventude faziam jogo bonito na tarde desta sexta-feira (13/01) no Inamar, em Diadema, pela 3ª fase da Copinha, mas um episódio com a arbitragem estragou o espetáculo.

Já no fim da partida, o árbitro Camilo Morais Zarpelão anulou um gol do Netuno, que surgiu em cobrança de escanteio. Após a marcação, torcedores e integrantes da diretoria do clube de Diadema invadiram o campo e partiram para cima do bandeirinha, que havia sinalizado impedimento. Na confusão generalizada, o bandeira acabou sendo agredido.

Rapidamente, o árbitro correu em direção ao bandeira e, com policiais já em campo para controlar a situação, chamou a decisão para si e deu o gol para o Água Santa, que empatou por 2 a 2 naquele instante e levou o duelo para os pênaltis. Com escoriações no rosto, o bandeirinha precisou receber atendimento médico. Nos pênaltis, o Juventude se deu melhor e avançou para as oitavas de final.

Durante o confronto, a torcida se revoltou com a anulação de dois gols do Água Santa, nas duas vezes alegando impedimento, e com a expulsão do lateral-esquerdo Felipe no segundo tempo, com vermelho direto, em lance que o árbitro viu agressão do jogador.

bomba.jpg

– Amanhecer de um bom sábado em 4 cliques:

Bom dia! Verticalizando o esqueleto para mais um necessário bom dia de vida. Vamos correr para buscar a disposição? Foto 1:

bomba.jpg

Durante o treino, correndo e meditando com Santo Hilário de Poitiers, um santo que cobrava a importância do discernimento da felicidade material da espiritual. Foto 2:

bomba.jpg

Depois do cooper, alongando entre as flores do jardim. Nossas primaveras cor-de-rosa. Foto 3:

bomba.jpg

S’imbora trabalhar, com o dia que enfim clareou! Olha que beleza a combinação entre o azul e o verde. Foto 4:

bomba.jpg

Ótimo sábado a todos.