– Análise da Arbitragem de Paulista 0x0 Juventus

Cristiano de Lazzari realizou uma boa arbitragem na partida entre Paulista 0x0 Juventus pela Copa Paulista neste domingo.

Tecnicamente, foi bem. Fez uma boa leitura de lances de vantagem (foram vários, com destaque aos 49 minutos quando Ariel-PFC foi derrubado por Salinas-CAJ e a bola sobrou para Michel). Embora não tenha sido tão exigido, acertou nas marcações ou não de faltas (em especial, soube interpretar a simulação de Ferrinho-CAJ e Ariel-CAJ, ambos no segundo tempo).

Disciplinarmente, razoável, pois deixou de advertir Branquinho-PFC aos 17 minutos por jogo brusco grave e Paulo Vitor-CAJ aos 54 minutos, por matar um contra-ataque com um agarrão. Os demais cartões foram bem aplicados.

Fisicamente, se comportou bem quando teve que correr e se posicionou tão bem quanto.

Sobre a postura, um aconselhamento: precisa estar presente na frente de jogadores que ficam discutindo entre si. Fazer o sinal de “calma” com as mãos, de longe, não é bom (tanto que a falta de advertência verbal foi percebida em vários bate-bocas de jogadores das duas equipes).

O bandeira 1 Eduardo de Souza Neto teve bastante exigência e dificuldades. Nos vários impedimentos, erros e acertos. Mas o ponto crucial foi o desentrosamento com o árbitro: por duas oportunidades, esperou o árbitro definir o que marcar. Além disso, na sua frente Fábio Gomes-PAU roubou a bola com a mão e não auxiliou o juizão como deveria.

Já o bandeira 2 José Paulo Ferreira Mariano marcou vários impedimentos e ajudou o árbitro na marcação de faltas. Sempre atento.

Leandro Carvalho da Silva, o quarto árbitro, ficou ligado nos 90 minutos e deixou o trio despreocupado com o jogo.

Enfim: em nada influenciou a arbitragem na partida.

bomba.jpg

– Dia de Santo Inácio de Loyola

Hoje a Igreja celebra Santo Inácio de Loyola, precursor dos Jesuítas (e aqui, lembrando como membros ilustres dessa ordem José de Anchieta e o Papa Francisco) – é dele a frase: “Em tudo, Amar e Servir! Este deve ser o propósito

Conheça sua história, em: http://is.gd/YHLPrn

HISTÓRIA DE SANTO INÁCIO DE LOYOLA

Íñigo (Inácio) López nasceu na localidade de Loyola, atual município de Azpeitia, próximo a San Sebastian, no País Basco, na Espanha, em 1491. De família rica, o caçula de treze irmãos, decidiu dedicar-se à espiritualidade aos 26 anos, quando abandonou a carreira militar, voltando a estudar para melhor abraçar a vocação descoberta de evangelizador. De 1522 a 1523 escreveu os Exercícios Espirituais, baseados em sua experiência de encontro com Deus, através de reflexões que levam em conta sua própria humanidade. Os Exercícios Espirituais se tornaram, mais tarde, um reconhecido método de evangelização para os católicos.

Em 1534, com mais seis companheiros, entre eles Francisco Xavier, funda a Companhia de Jesus, que recebe a aprovação do Papa Paulo III em 1540, quando Inácio é escolhido para o cargo de superior-geral da ordem.

Os jesuítas se espalharam pelo mundo. No Brasil, tiveram importante papel na conversão e proteção de indígenas durante a época colonial, além de contribuírem decisivamente para o ensino com colégios em diversos pontos do território nacional que hoje integram a Rede Jesuíta de Educação.

Santo Inácio morreu em Roma, em 31 de julho de 1556, aos 65 anos. Em 1922, o Papa Pio XI declarou Santo Inácio padroeiro de Retiros Espirituais.

bomba.jpg

– Verizon compra o Yahoo por quase US$ 5 bi

Coisa de gente grande: após ser criticado pela falta de capacidade de se inovar, o Yahoo começou uma fase decadente. Agora, por 4,8 bilhões de dólares, foi comprado pela gigante das telecomunicações americana Verizon, que quer entrar na briga da Internet com Facebook e Google.

Conseguirá?

bomba.jpg

– Teremos baixaria na disputa entre Trumph e Hillary? Sobre Obama e a Rússia…

A disputa entre Donald Trumph e Hillary Clinton promete ser quente. Ambos não me transmitem confiança, mas é o que Republicanos e Democratas ofereceram.

Trumph é sabido xenófobo e gosta de mostrar a força e poderio que tem. Hillary é frágil, se atrapalha e é contestada por muitos.

Me surpreendeu Barack Obama, o atual presidente, dizer que teme pelo fato da Rússia estar simpática a Trumph e que pode estar dando ajuda velada a ele.

Xiii… a campanha eleitoral dos EUA vai ser pesada como as nossas têm sido.

bomba.jpg

– O Padre Milagreiro

Eugênio Maria La Barbera, da Fraternidade Monástica dos Discípulos de Jesus, é retratado nessa matéria sobre seu dom da cura. Há relatos impressionantes desde Medjugorje até São Paulo.

Compartilho em: http://istoe.com.br/o-padre-dos-milagres/

O PADRE DOS MILAGRES

Filho de um empresário italiano e hare krishna na juventude, Eugenio Maria La Barbera reúne milhares de pessoas em celebrações de cura na Fraternidade Monástica dos Discípulos de Jesus, em São Paulo.

Por Camila Brandalise

Eugenio Maria La Barbera, 67 anos, desliza a ponta dos dedos da mão direita de um lado ao outro da gola da batina enquanto pergunta a uma das assistentes que lhe acompanham durante sua missa: “Como se fala isso em português?”. Os mais de 30 anos morando no Brasil não foram suficientes para que o italiano dominasse o vernáculo. “Gola!”, ele exclama, para em seguida se dirigir novamente aos fiéis. “Eu quero que venha até aqui a pessoa que está com uma foto de um menino usando uma camiseta branca de gola azul com um desenho de um ‘piu-piu’, um pintinho metade amarelo, metade azul.”

Várias pessoas levam fotos até o altar, onde o padre espera, apreensivo. Pelo menos três vezes, repete: “Não é essa”. A imagem, diz ele, foi enviada por Jesus. No meio do corredor apinhado de gente, uma moça surge chorando enquanto estica a mão até que o religioso veja a foto que ela segura. “É essa”, afirma, apontando com o dedo. “Venha até aqui.” A mulher é Paula Rodrigues Santos, 28 anos. Acompanhada do pai, Quirino Rodrigues Pereira, 61 anos, ela saiu de São José dos Campos, interior de São Paulo, para rezar pelo sobrinho autista de 7 anos que não fala e sofre crises de ansiedade.

Como Paula e Quirino, milhares de pessoas se reúnem para a missa dos enfermos, celebrada todo primeiro domingo do mês (exceto em janeiro e julho), às 14h30, na Fraternidade Monástica dos Discípulos de Jesus, no Jardim Mirna, em São Paulo. O local existe desde 1997 e se tornou um ponto de peregrinação, atraindo fiéis em busca de cura para si ou para alguém próximo. Em 5 de junho, antes do meio-dia, sete ônibus de turismo ocupavam o estacionamento, ao lado de uma van e de um micro-ônibus. Chovia.

Como os assentos da igreja não seriam suficientes para todos, um espaço coberto foi montado do lado de fora com cadeiras e um telão para que os fiéis pudessem acompanhar a celebração. O lugar lembra um monastério europeu. Ocupa uma área ampla e arborizada de 53 mil m2 e foi construído com um investimento de U$ 3 milhões tirados da herança de La Barbera, filho de um empresário têxtil do norte da Itália. A missa segue estritamente a liturgia convencional, com folheto e orações comuns ao ritual da Igreja Católica.

A diferença é o momento que o padre chama de bênçãos de cura. É quando se nota desespero nos olhares. Há joelhos dobrados e mãos unidas, apertadas uma contra a outra com força. Outras estão erguidas para cima. Fiéis sobem nas cadeiras para ver La Barbera. Do altar, ele proclama frases para que todos as repitam. Desce e atende um por um os que estão sentados na primeira fileira: pessoas em cadeiras de rodas ou com doenças graves que antes da missa são selecionados por membros da equipe para ficarem próximos ao sacerdote.

“Você está curada”

Sentada de frente para o altar, Antônia de Matos Barbosa, 72 anos, tem feridas no rosto, nas pernas, nos pés e nas axilas. Portadora de pênfigo, uma doença de pele fatal, rara e autoimune, sofre de dores constantes há cerca de três anos. O padre a levanta, caminha de costas, de frente para Antônia, de mãos dadas com ela. “Você está curada”, diz, no momento em que ela olha pra cima. De volta ao altar, ele inicia as curas coletivas. “Pessoas que não enxergam, que tem dificuldade para ver. Fechem os olhos. Agora abram.

Quem consegue ver perfeitamente o santíssimo sacramento?”, pergunta o padre, segurando a imagem e estendendo-a para o alto. “Levantem as mãos”, pede, para em seguida contar 23 fiéis curados. A sessão segue, no mesmo modelo, com curas para sinusite, dores nos pés e no céu da boca. Muitas mãos se levantam ao final para entrarem na contagem. “Esse é um dom que Deus me deu para fazer o bem para os outros”, afirma La Barbera em seu escritório, horas antes de começar a missa. Italiano, veio ao Brasil logo depois de se tornar padre, em 1978. Tinha 28 anos quando decidiu mudar de vida.

Diz ter acumulado vários pecados na juventude e ri ao relembrar que foi hare krishna, participou de encontros de nudistas e chegou a ir à Índia atrás do guru dos Beatles, Maharishi Mahesh Yogi. A primeira missa a que assistiu foi já adulto, quando desconfiou da noiva que frequentava demais a Igreja. Ao participar da liturgia, decidiu que era aquele o futuro que queria. Rompeu o noivado e abdicou da boa vida que o dinheiro da família permitia. Já no Brasil, diz ter feito seu primeiro milagre no início da década de 1980, durante a Páscoa. Duas adolescentes lhe procuraram pedindo para que abençoasse a mãe com feridas nas pernas.

“Fiz o sinal da cruz apressado. De repente, as chagas tinham se fechado. Me assustei”, diz. Na hora, deu um grito: “Saiam daqui, na minha igreja não existe milagre.” Foi uma vidente de Medjugorje, na Bósnia-Herzegovina, conhecida por ter visto uma aparição de Nossa Senhora, que anos depois o convenceu de que ele estava no mundo para curar as pessoas e fazê-las rezar. “Voltei ao Brasil e criei a Fraternidade.” A Igreja Católica é extremamente rígida quanto à atribuição de milagres. Há um caminho longo e burocrático a ser percorrido para a comprovação, que deve ser feita por equipes de cientistas e testemunhas.

“Por isso leva muito tempo para o milagre ser atestado, o que costuma acontecer somente depois da morte da pessoa”, afirma o sociólogo da religião Francisco Borba, coordenador do Núcleo Fé e Cultura da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Segundo Borba, há milagres que acontecem sem o reconhecimento institucional da Igreja, e nem por isso deixam de ter seu valor. “Muitas doenças psicológicas são somatizações. O poder da missa de cura não estaria numa intervenção extraordinária de Deus, mas na capacidade do padre de fazer com que forças psicológicas aparentemente adormecidas na pessoa sejam mobilizadas para resolver o problema”, afirma.

Exorcismo

Para quem critica sua atuação, o religioso italiano tem uma só resposta: “Que venham assistir a uma missa de cura. Eu não tenho sobre o que me explicar, eu faço”, diz. Turrão, afirma que suas celebrações lotam porque as pessoas precisam de fé. “Ficar com muita cantoria, sem seguir a celebração tradicional, não dá”, afirma, em clara alusão a celebridades católicas como o padre Marcelo Rossi. Prestes a encerrar o domingo e se dirigir ao quarto, padre Eugenio La Barbera pega um livro com orações em latim e o exibe à reportagem. “Esse eu uso para as sessões de exorcismo.”

Naquele mesmo escritório em que trabalha e concede entrevistas, uma vez por mês recebe alguém que ele julga estar possuído por um espírito do mal. Chama colegas para ajudá-lo nos casos em que a pessoa se debate com muita agressividade. Se não, trabalha sozinho. Descreve a função com a normalidade de quem a pratica cotidianamente. Aparecida Olívia Narciso, 67 anos, de São Paulo, diz ter sido curada pelo padre. No começo dos anos 2000, descobriu um nódulo grande no seio esquerdo. Com medo, foi até a missa. Voltou ao médico e o tumor havia sumido. “Quando o padre falou comigo, vi um coração enorme, o Senhor proclamou que aquele caroço ia sumir”. Aparecida deu seu testemunho ao final da missa acompanhada pela reportagem, em frente aos fieis.

Acolhimento e perdão

A dona de casa Marisa Rebouças, 47 anos, conta que um milagre aconteceu em sua vida há 15 anos, quando a filha nasceu. “Era um bebê lindo, mas com problemas no coração e no esôfago. Um dia, fizeram raio-x por contraste, mas a substância não saía do corpo dela e não era possível fazer a cirurgia por isso. Tínhamos pouco tempo, fiquei desesperada e chamei o padre para que fosse até o hospital dar uma bênção nela”, diz Marisa, que ainda chora com a história a ponto de ter que fazer uma pausa na fala. “No mesmo dia da visita, o contraste saiu, ela foi operada e sobreviveu.” Hoje, ela é voluntária na Fraternidade.

Para o sociólogo da religião Francisco Borba, o sucesso das missas de cura é explicado, em parte, porque as pessoas se afastaram da Igreja e não vivenciam mais manifestações religiosas cotidianas e, com isso, procuram celebrações na qual possam presenciar a religiosidade e o misticismo vindo à tona de maneira intensa. “Mas há outro dado que explica o fenômeno: todos nós queremos nos sentir amados, acolhidos e perdoados. Mesmo que não sejamos o doente curado, ao presenciar essa graça, de alguma maneira entendemos que Deus também me ama e me acolhe. É isso que as pessoas procuram.”

bomba.jpg

– Polo Shopping e Jundiaí Shopping são o retrato da crise.

Estive nesta semana visitando o Shopping Center de Indaiatuba, o Polo Shopping. E fiquei assustado com o que vi: corredores praticamente inteiros com lojas fechadas. Ouso dizer que há mais espaços disponíveis do que comércios abertos!

Me lembrei do Jundiaí Shopping, que em seu 2o piso há espaço sobrando para se montar qualquer coisa tamanho o número de estabelecimentos que encerraram as atividades.

A verdade é: a crise pegou a todos – dos mais populares aos mais luxuosos!

bomba.jpg

– O que você achou da Seleção Olímpica?

Neymar e os “Gabriéis” jogaram muita bola no amistoso do Brasil contra o Japão. Teste para um time Sub 23, com ótima participação de Felipe Anderson também. Claro, sei que o adversário era bem fraquinho, mas…

Honestamente, se Tite quiser, pode usar esse ataque para a Copa do Mundo de 2018. Ou quer me convencer que Hulk, Jonas e outros “dungáveis” jogam mais? E não nos esqueçamos de Douglas Costa que está lesionado.

Confesso que gostei muito da Seleção Olímpica e acho que ela foi bem convocada. Certamente, ela está melhor do que a que jogou a Copa América Centenária. Mas uma observação pertinente: só o Brasil nas Olimpíadas está indo com a força máxima, pois, todos sabemos, o Futebol Masculino nos Jogos Olímpicos é um patinho feio. Portanto, Medalha de Ouro será obrigação!

bomba.jpg

– Amanhecer de Sábado!

Vamos levantar?
Apesar do vento gelado, preciso buscar endorfina. Assim, vamos despejar a adrenalina correndo. Nossa foto-incentivo:

bomba.jpg

Durante o cooper, vale meditar. Hoje, pedindo a intercessão de Santa Brígida, a mulher que orou incansavelmente pela conversão do marido, teve 8 filhos e se tornou freira. Nossa foto-meditação:

bomba.jpg

Pós-treino, alongando entre as flores. Como não se inspirar? Nossa foto-contemplação:

bomba.jpg

Depois de tudo, hora de trabalhar. Hoje com essa bela foto com filtros envelhecidos. Veja que legal nossa foto-amanhecer:

bomba.jpg

Aproveitando uma pausa no serviço (sim, para quem madrugada, dá tempo), fui à Missa na belíssima Catedral Nossa Senhora do Desterro. O Salmo de hoje é tocante: “Que o vosso auxílio me ajude, meu ‪Deus‬ (…) No tempo favorável, escutai-me, ó ‪Senhor‬ (…), pois vós sempre escutastes os seus cativos.”

bomba.jpg

Pronto. Corpo, mente e alma em paz, chegou a hora de “pegar o 2o tempo pra valer”. E como o sol é minha energia e fonte de vitamina D, compartilho:

bomba.jpg

Ótimo sábado a todos. Quando terminar o dia, serei exclusivamente dedicado à esta pequeninha. Todos os esforços da labuta são à ela e aos irmãos que virão um dia… e a querida esposa também!

bomba.jpg

– Dia de Santa Marta

Hoje é dia de uma Santa de suma importância e que se manteve discreta na Bíblia: Marta.

Amiga de Jesus, foi aquela que sempre estava fazendo seus afazeres domésticos. Seu irmão, Lázaro, igualmente amigo, foi ressuscitado por Cristo! Veja que bela história (extraída de CançãoNova.com):

FESTA DE SANTA MARTA

Hoje lembramos a vida de Santa Marta, que tem seu testemunho gravado nas Sagradas Escrituras. Padres e teólogos encontram em Marta e sua irmã Maria, a figura da vida ativa (Marta) e contemplativa (Maria). O nome Marta vem do hebraico e significa “senhora”.

No Evangelho, Santa Marta apresenta-se como modelo ativo de quem acolhe: “… Jesus entrou em uma aldeia e uma mulher chamada Marta o recebeu em sua casa” (Lc 10,38).

Esta não foi a única vez, já que é comprovada a grande amizade do Senhor para com Marta e seus irmãos, a ponto de Jesus chorar e reviver o irmão Lázaro.

A tradição nos diz que diante da perseguição dos judeus, Santa Marta, Maria e Lázaro, saíram de Bethânia e tiveram de ir para França, onde se dedicaram à evangelização. Santa Marta é considerada em particular como patrona das cozinheiras e sua devoção teve início na época das Cruzadas.

Santa Marta, rogai por nós!

205.jpg

– Como justificar a contratação de Pato pelo Villareal?

O time espanhol do Villareal, chamado carinhosamente de “Submarino Amarelo” (em alusão às cores do time e a música dos Beatles) pagou 3 milhões de dólares por Alexandre Pato (mais de R$ 10 milhões de reais).

Perguntar não ofende: se é sabido que o jogador já poderia assinar um pré-contrato e que daqui a 4 meses poderia jogar sem pagar multa contratual (ou seja: DE GRAÇA), qual o motivo da emergencial contratação a tal custo? Os espanhóis aceitaram tal valor pois Pato será titular absoluto na Champions League e será o jogador fundamental?

Eles acreditam mesmo que o atacante que foi um dia eleito “o melhor do mundo sub 21” é craque inconteste e que está apenas em uma má fase ou jogando no clube / posição errados?

Para mim, negócio suspeitíssimo!

bomba.jpg

– 5 populares marcas de Massa/ Extrato de Tomate com pelos de rato!

Esta veio da PROTESTE: Pomarola, Aro, Amorita, Predilecta e Elefante são as 5 marcas de extrato de tomate que estão “acima do limite de pelos de roedor”, e vários lotes serão retirados dos supermercados.

Ora, cá entre nós: existe limite? Não deveria ter pelo nenhum, segundo a lógica.

Extraído de: https://is.gd/hCkL1V

LOTES DE CINCO MARCAS DE EXTRATO E MOLHO DE TOMATE TÊM VENDAS SUSPENSAS

Lotes de cinco marcas de molho e extrato de tomate foram proibidas de comercialização pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por apresentar pelo de roedor acima do permitido.

Publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28), a medida reforça a existência de um problema reiterado detectado em vários testes feitos pela PROTESTE Associação de Consumidores ao longo dos últimos anos.

Estão proibidas as vendas de lotes de molho e extrato de tomate das seguintes marcas, que devem se recolhidas do mercado:

  1. Extrato de tomate marca Amorita, lote L076 M2P, com validade até 01/04/2017, fabricado por Stella D’Oro Ltda (CNPJ: 05.117.323/0001-83);
  2. Extrato de tomate fabricado por CPNJ: 62.546.387/0001-33, lote 213 23IE, com validade até 03/2017;
  3. Extrato de tomate Aro, lote 002 M2P, com validade até 05/2017, fabricado por Cargill Agrícola S/A, CNPJ: 60.498.706/0370-77;
  4. Extrato de tomate Elefante, lote 032502, com validade até 18/08/2017;
  5. Molho de tomate tradicional Pomarola, lote 030903, com validade até 31/08/2017.

Nos testes feitos com 30 molhos de tomate, em 2006, a PROTESTE eliminou sete, por estarem impróprios para o consumo e outros 15 apresentaram resultados ruins.

Já o teste de ketchup censurado em 2005 e liberado cinco anos depois, envolveu 16 marcas de ketchup em que se constatou que cinco eram impróprias para consumo. Foi realizado um segundo exame com amostras diferentes para que se certificasse de que a contaminação não foi acidental. Os problemas persistiram.

bomba.jpg

– Neymar se mostra marrento ou mal assessorado?

De mau humor e parecendo mal amado, Neymar foi extremamente marrento na sua entrevista coletiva aos jornalistas durante a preparação da Seleção Olímpica.

Questionado sobre a sua falta de comprometimento (baladas em excesso e outras polêmicas nas redes sociais), declarou, em outras palavras, que “todo jovem que ganha muito dinheiro como ele pode se dar o luxo de fazer isso e que é problema pessoal.

Caramba… não poderia ser mais simpático na resposta?

É claro que o dinheiro é dele e ele faz o que quiser. Mas um atleta profissional de alto rendimento é espelho para os demais atletas e fãs. Tem que tomar cuidado com a exposição e transmitir responsabilidade, pois em qualquer falha, há de ser cobrado.

Com um staff monstruoso, ninguém orientou o garoto que, apesar de ser o craque da Seleção Brasileira, não ganhou nada ainda e deve se blindar para evitar críticas?

bomba.jpg

– Corrupção brasileira é lançamento contábil corriqueiro?

Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade e Gutierrez, em delação premiada à Operação Lava-Jato, declarou que pagar propina era coisa natural para eles, pagadores, e para os políticos corruptos, recebedores.

Aqui corroboro a frase de espanto do Prof Marco Antonio Villa, que apesar de um certo radicalismo latente, foi perfeito na sua afirmação:

Você lança propina como custo comercial. É uma invenção brasileira.”

Vai discordar? Impossível…

bomba.jpg

– Amanhecer de 6a feira com inspiração!

Depois de uma ausência de belas postagens da alvorada diária, cá estamos novamente.
Como de costume, a corrida necessária de todas as madrugadas / manhãs. Hoje, apesar do vento chato, bem motivado:

bomba.jpg

Durante o treino, vale pensar nas coisas do alto. E hoje, dia de Santa Marta, pedindo sua intercessão à Jesus, a quem tanto ela foi hospitaleira:

bomba.jpg

Pós-treino, uma boa caminhada em meio ao céu escuro (e, graças às flores, róseo também):

bomba.jpg

Enfim, alongando com o nascer do sol, esperando o bom dia que há de nascer:

bomba.jpg

Ótima sexta-feira para todos!

– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Paulista x Juventus (Copa Paulista, Rodada 6)

Cristiano de Lazzari, 40 anos, Professor de Educação Física, apitará Galo x Moleque Travesso pela sexta rodada da Copa Paulista.

Com 10 anos de carreira, não creio que seja uma aposta da Federação Paulista para 2017, pois sua idade já não lhe permite sonhar alto no mundo da arbitragem (pois é, a “casa dos quarenta” macula a carreira dos árbitros…). Por ter apitado série A3 e alguns jogos da Copa Paulista, parece-me ser um árbitro regular.

Eduardo de Souza Neto e José Paulo Ferreira Mariano serão os bandeiras. Leandro Carvalho da Silva o quarto árbitro.

Em tese, o jogo é fácil para arbitragem que atua na A3 (todo o quarteto é desta divisão). Desejo assim uma boa atuação dos “homens de preto” e bom jogo para as equipes.

Acompanhe a transmissão de Paulista x Juventus pela Rádio Difusora Jundiaiense AM 810, com o comando de Adilson Freddo. Narração de Marcelo Tadeu; comentários de Robinson Berró Machado e Heitor Freddo; análise da arbitragem com Rafael Porcari; reportagens de Luiz Antonio “Cobrinha” de Oliveira. Na técnica Antonio Carlos Caparroz e André Luís Lucas. Domingo, às 10h00 – mas a jornada esportiva começa a partir das 09h00 para você ter a melhor informação com o Time Forte do Esporte!

bomba.jpg

– O que o tal do Dr Olim tem a ver com a arbitragem?

Questione: o delegado Dr Olim foi nomeado para ser membro do Tribunal de Justiça da Federação Paulista de Futebol.

Tudo muito bem, se percebermos que a entidade está forrada de Coronéis por lá (tática iniciada por Marco Polo Del Nero). Mas, considere: ele ascendeu ao cargo por indicação do SAFESP, que tem direito a indicar um nome.

O que teria o Sindicatos dos Árbitros de Futebol com ele para ser o indicado? Esse nome é de conhecimento e do agrado dos árbitros, ou os juízes de futebol nem sabiam de sua existência?

Vale a reflexão. Entretanto, o presidente da FPF gostou do nome.

Não faço nenhuma ilação com a denúncia levantada um dia pela ESPN sobre Marco Polo conseguir influenciar na escolha de um auditor no STJD-CBF através da ANAF em reportagem recente. Mas muita gente fica com a pulga atrás da orelha e pode até pensar coisa que não deve.

Calma, são entidades distintas, embora, cá entre nós: precisam se oxigenar com novas pessoas. E nada contra o Dr Olim, que é uma pessoa honesta e capaz.

bomba.jpg

– Meu Novo Desafio!

Com alegria, compartilho com os amigos: estarei lecionando a partir do próximo mês na Faculdade Anhanguera de Indaiatuba.

Agradeço de antemão ao Coordenador Prof Laerte Zotte pela confiança e por permitir que eu faça parte dessa equipe bem capacitada. Estaremos juntos para levar o conhecimento, a análise crítica e as boas discussões do mundo da Administração de Empresas aos nossos queridos alunos.

bomba.jpg

– Festa Justa e Briga Medieval no título de Campeão da América do Sul

Se dentro de campo o Nacional da Colômbia fez bonito, com um esquema tático moderno, futebol ofensivo e sem dar botinadas (sim, é possível vencer jogando bem, mesmo sendo Libertadores da América), fora dele muita briga: 5 mortos durante as comemorações.

Ô mundo em que não se consegue ter paz nem durante os momentos felizes…

A propósito: faltou um pênalti a ser apitado pelo juizão argentino Néstor Pitana. Em final, não s epode falhar!

Ainda: o que esperar dos colombianos numa provável final contra o Real Madrid no Mundial Interclubes do Japão?

bomba.jpg

– Análise Pré Jogo da Arbitragem para XV x Paulista

Para o importante confronto entre Nhô Quim x Galo pela 5 Rodada da Copa Paulista, um árbitro em ascensão estará atuando: Rodrigo Gomes Paes Domingues (que trabalhou sem maiores problemas em União Barbarense 1×1 Paulista no ano passado e Barretos 1×0 Paulista neste ano).

Da safra de árbitros que apitou jogos relevantes na A2 e que teve oportunidades na A1, Rodrigo é o que está melhor vingando. Firme nas marcações, tem um estilo rigoroso. Bom para jogo de “pegada” e disputas mais viris.

Luís Alexandre Nielsen (veteraníssimo e experiente) e Leandro Almeida dos Santos (que atuou várias vezes no Jayme Cintra sem nenhum problema a registrar) serão os bandeiras. Caio da Costa Mello será o quarto-árbitro.

Desejo boa sorte ao quarteto de arbitragem e um grande jogo às equipes.

url.jpg

– Espairecendo…

Dias corridos ou sossegados demais?

Corridos. É por isso que estou com menos postagens nos últimos dias e os temas são mais “lights” (a maior parte, previamente programada).

Na verdade, muito trabalho (embora alguns achassem que eu estava em férias), problemas de máquina (2 computadores “na oficina”) e conexão com falhas.

Ultimamente, vale isso: dar tempo para cuca fresca, espairecendo no jardim. E curtindo o desabrochar como dessa flor, sem filtros, a qual cuidamos com carinho!

url.jpg

– Dia da Vovó e do Vovô (Sant’Anna e São Joaquim)

Hoje é dia dos Avós!

Tal data é celebrada neste dia, pois se comemora o dia de Santa Ana e São Joaquim, avós de Jesus Cristo (pais da Virgem Maria).

Você já deu um abraço em seus avós hoje?

Atenção: o que vale não é o presente, e sim o afeto!

Parabéns aos vovôs e vovós!

url.jpg

– A Reinvenção de Gigantes como Microsoft, Dell e HP

Quando os números não são satisfatórios – lucro pequeno, monotonia financeira ou prejuízo grandes corporações devem repensar suas estratégias. É o que essa interessante matéria fala sobre algumas potências da tecnologia:

Extraído de: http://www.istoe.com.br/reportagens/277827_OS+GIGANTES+SE+REINVENTAM

OS GIGANTES SE REINVENTAM

Para frear resultados financeiros negativos, empresas como Microsoft, Dell e HP mudam foco de negócios e comprovam que sem inovação não é possível sobreviver às rápidas transformações do setor tecnológico

por Mariana Queiroz Barboza

Nas últimas quatro décadas, poucas empresas foram tão inovadoras, poderosas e rentáveis quanto a americana Microsoft. Criada em 1975 por Bill Gates e Paul Allen, ela levou menos de dez anos para se tornar uma das maiores corporações do mundo graças principalmente ao Windows, o sistema operacional que mudaria para sempre a história dos computadores, e fez de Gates um mito empresarial. Mas tudo isso faz parte do passado. Hoje, a Microsoft é uma sombra do que foi até pouco tempo atrás. A gigante cresceu produzindo softwares para computadores, mas os computadores não são mais os campeões de preferência da nova geração. No ano passado, as vendas de laptops caíram 3,4%, enquanto a de tablets dispararam 78%. Se as pessoas compram cada vez menos computadores, como a Microsoft vai vender seus softwares? Isso explica por que a empresa amargou, no ano fiscal de 2012, um recuo de 35% nos lucros. O que fazer para frear esse declínio? Para a própria Microsoft, é preciso se reinventar. No fim do ano passado, a empresa lançou o tablet Surface e decidiu se aventurar no universo dos hardwares. “Talvez devêssemos ter feito isso antes”, reconheceu o presidente Steve Ballmer, em encontro com investidores. Na semana passada, em mais um sinal de que está acompanhando os concorrentes em vez de lançar tendências (como fazia antigamente), a companhia substituiu o Hotmail, seu fracassado serviço de e-mails, pelo Outlook, numa tentativa de tentar recuperar os usuários que perdeu para o Gmail, do Google.

Não são raros os casos de empresas que, fustigadas pelo tempo, deixaram de ser relevantes. Na área tecnológica, em que a velocidade das transformações torna o que é bom hoje ruim amanhã, esse processo é mais doloroso. “Agilidade é fundamental no mercado de tecnologia, porque o fluxo de mudanças é mais acelerado do que em outras indústrias”, afirma Camila Pereira Santos, analista de mercado da IDC Brasil. “Pelo menos uma vez por ano, há uma transição de tecnologia.” A Dell nasceu como fabricante de computadores de mesa e foi, como a Microsoft, superada pelos rivais mais sintonizados com o mundo de hoje. Na semana passada, a companhia anunciou uma queda de 31% no lucro em 2012, semelhante à sua desvalorização na bolsa de valores no mesmo período. Diante da crise, a saída encontrada pelo presidente e fundador, Michael Dell, foi fechar o capital da empresa para poder reestruturá-la longe das análises públicas. A proposta de US$ 24,4 bilhões, se aceita pelos acionistas, deve transformar a Dell numa empresa de capital fechado até julho. Michael Dell também está mudando o foco de negócios da companhia. Em vez dos computadores, sua prioridade são os serviços tecnológicos, como centros de armazenamento de dados.

Mais do que em outros setores, a marca – e as qualidades associadas a ela – é requisito fundamental para os consumidores de tecnologia. Por isso, o presidente da BlackBerry (BB) se incomodou tanto com um artigo publicado no jornal “The New York Times” em outubro. O texto dizia que os donos de BlackBerrys, antes ligados a executivos de elite, agora se envergonham de usar o aparelho em público por estar “fora de moda”. Cita até que Marissa Mayer trocou os aparelhos de seus funcionários por iPhones e Androids assim que assumiu a presidência do Yahoo, numa tentativa de mudar a imagem “enfadonha” de sua empresa. Para Thorsten Heins, presidente da BB, faltou equilíbrio à reportagem. A resposta veio, então, com o lançamento do BlackBerry 10, quatro meses depois, recebido com entusiasmo pelos especialistas. A sedução de uma marca, contudo, também tem prazo de validade. Pesquisas recentes de consultorias de marketing mostram que, ao menos nos Estados Unidos, o apelo da Apple, até então a queridinha da América, tem caído entre os adolescentes. Segundo elas, a empresa vem cedendo cada vez mais espaço para a Samsung e até, quem diria, para a Microsoft na preferência dos mais jovens. Um novo ciclo pode ter acabado de começar.

A ideia de que a contínua renovação do modelo de negócios das companhias é inevitável não vem de agora. Em 1942, no livro “Capitalismo, Socialismo e Democracia”, o economista austríaco Joseph Schumpeter cunhou o termo “destruição criadora” para explicar que a mudança é a única constante no capitalismo, num processo de evolução do sistema. “Assim como Karl Marx, Schumpeter prevê que o capitalismo irá se esgotar, mas pelos seus sucessos e não pela revolução do proletariado”, afirma Rodrigo Zeidan, professor da Fundação Dom Cabral. “Sendo assim, o processo de destruição criadora acabaria, pois seria difícil manter a grande entrada de empresas inovadoras.” Enquanto o capitalismo continuar, porém, a única saída possível para as gigantes de tecnologia é a inovação permanente. A Microsoft espera não ter descoberto essa máxima tarde demais.

– Hoje é dia da costumeira Doação de Sangue / Plaquetas

Regulamente faço doação de sangue (4 por ano) e de hemoderivados (a cada 15 dias). Hoje, repito meu ato com plaquetas e hemáceas.

Não dói, não faz mal para a saúde e alegra a alma (a SUA e a de inúmeras OUTRAS PESSOAS).

Seja um doador voluntário! Você ajuda o próximo e exerce a cidadania (e hoje, incentivado pela filhota e sua GOTINHA DA ALEGRIA).

Os bancos de sangue agradecem.

image

– Viva São Tiago Maior

Para os católicos, dia de festa! Dia de celebrar São Tiago, um dos 12 apóstolos; aquele que evangelizou até a Europa. Na Espanha, costuma-se fazer o místico Caminho de Santiago de Compostela (que hoje deve estar lotado). Porém, a melhor comemoração é fazer uma boa oração e celebrar a Eucaristia.

Extraído de: http://is.gd/kiOevy

DIA DE SÃO TIAGO

Hoje é dia de São Tiago, dito o “maior”, era filho de Zebedeu e Salomé (Mc 15,49; cf Mt 27,56) e irmão mais velho de João, o evangelista, com quem foi chamado entre os primeiros discípulos por Jesus e foi solícito em segui-lo (Mc 1,19s; Mt 4,21s; Lc 5,10). É sempre colocado entre os três primeiros Apóstolos (Mc 3, 17; Mt 10,2; Lc 6,14; At 1,13). Pronto e impetuoso de caráter, figura entre os prediletos do Mestre, como o irmão, Pedro e André. Assiste à cura súbita da sogra de Pedro (Mc 1,29-31), à ressurreição da filha de Jairo (Mc 5, 37-43; Lc 8, 51-56), à transfiguração de Jesus no Tabor (Mc 9,2-8; Mt 17, 1-8; Lc 9, 28-36); com os outros três interroga Jesus sobre os tempos precursores do fim (Mc 13, 1-8). depois, com Pedro e João, é chamado por Jesus a vigiar no Getsêmani (Mc 14, 33s; Mt 26, 37s). Visou com ambição aos primeiros postos no reino, garantindo estar pronto para tudo, e suscitou a reação dos demais apóstolos e a advertência de Jesus no sentido de outro primado: o do serviço e do martírio (Mc 10, 35-45; Mt 20,20-28). A profecia que então Jesus lhe fez, prenunciando que haveria de “beber com ele o cálice do sacrifício”, realizou-se plenamente ao ser Tiago o primeiro dentre os Apóstolos a dar sangue pelo Senhor, tendo sido decapitado por Herodes Agripa I, durante as festas pascais, em 42-43 (At 12, 1-2). Segundo uma antiga tradição, teria sido o evangelizador da Espanha. A partir do Séc. IX, são Tiago teve um culto extraordinário em Compostela, Espanha, a qual o teve como protetor de sua fé e liberdade contra os mouros. Esse santuário tornou-se para a Europa um dos maiores lugares de peregrinação na Idade Média e depois.

ORAÇÃO A SÃO TIAGO

Apóstolo Santiago, escolhido entre os primeiros, tu foste o primeiro a beber do cálice do Senhor, e és o grande protetor dos peregrinos; fazei-nos fortes na fé e alegres na esperança, em nosso caminhar de peregrinos seguindo o caminho da Vida de Cristo e alenta-nos para que finalmente, alcancemos a glória de Deus Pai. Assim Seja.

images.jpg

– Análise da Arbitragem de Ponte Preta 2×2 Internacional

Nunca vi Leonardo Cavaleiro apitar. Somente o conheço por queixas de clubes contra algumas de suas arbitragens no Campeonato Carioca (mas por aí não vale julgar). Ontem, vendo a lambança no Moisés Lucarelli, assustei! Como foi escalado na série A?

LANCE 1 – No 1o tempo, a Ponte Preta chuta uma bola ao gol e o zagueiro do Internacional se vira de costas para disputar a bola. Mas ele “dá um migué” e ergue os braços para interceptá-la. É a intenção disfarçada, o verdadeiro movimento antinatural dos braços (isso é pênalti, não os de queimada que se vê por aí sendo chamados erroneamente de movimento antinatural). Errou o árbitro. 

LANCE 2 – A bola é chutada de longe e bate dentro do gol colorado – em cima e embaixo. Lance chato, difícil. Vai pra conta da CBF em não querer ficar com os equipamentos de chip na bola deixados pela FIFA depois da Copa do Mundo. Segundo erro grave do árbitro. 

LANCE 3 – Rhaynner entra na área e é interceptado por Paulão. Pênalti para a Ponte Preta, ignorado pelo árbitro que inexplicavelmente não marcou. Pelo seu posicionamento, daria para marcar. Terceiro erro do juizão carioca. 

Três erros dessa magnitude no estádio da Ponte, contra a Macaca, cá entre nós: há de ser corajoso, não?

Enfim: veremos o tal de DVD da Ponte Preta na CBF reclamando da arbitragem (e de maneira justa). mas seria bacana, embora utópico, crer que o Internacional fizesse o mesmo alegando que “reclamamos da arbitragem não só em causa própria, já que fomos beneficiados, mas pelo bem do futebol.