– Extravase!

Se não puder ir a um lugar sozinho e gritar escreva!

Se você se sentir sufocadorespire paulatinamente!

Se parecer estar sem saída… reze e se acalme!

Se a tristeza bater à portanão abra ela!

O importante sempre é: manter a calma, crer no futuro e se sentir equilibrado (mesmo que tudo conspire contra isso).

Seguir em frente é importante.

– Moro mexeu numa chaga de Lula:

Goste ou não, Sérgio Moro cutucou uma ferida real:

“Vocês ouviram Lula falar em combater a corrupção nos seus discursos?”

E não citou nada mesmo… E se citasse, teríamos dúvidas também.

(antes que alguém cornete: ninguém está falando sobre Bolsonaro aqui… (tampouco o defendendo) todos são “farinha do mesmo saco”, com seus pecados próprios).

Imagem extraída de: https://istoe.com.br/moro-x-lula/

– Sylvinho é o novo treinador da Seleção da Albânia.

Sylvinho vai treinar a Seleção da Albânia, visando a classificação para a Copa 2026.

Como os empresários encaixam um treinador brasileiro lá?

Não sei se é uma boa gestão de carreira…

Sylvinho foi anunciado como o o novo técnico da seleção da Albânia — Foto: Divulgação / FSHF

Foto: Divulgação / FSHF, extraído de: https://ge.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2023/01/02/sylvinho-vai-assumir-o-comando-da-selecao-da-albania.ghtml

– Ninguém nasce para ficar sozinho!

Dando uma espairecida, reparei nessa árvore no meio do meu caminho, bem pertinho da minha casa. Repararam que os galhos estão entrelaçados? Ou melhor: os diversos “troncos”?

Ela é como uma família: todos estão juntos, abraçados, se sustentando mutuamente. Podem até sobreviver ou se sustentarem isolados, mas de maneira amável, juntos, são mais fortes!

Digo isso pois me veio à mente a palavra SOLIDÃO! Ela é assustadora para mim… O ser humano não nasceu para viver sozinho. Com quem conversar? E se relacionar cotidianamente? E na velhice?

A verdade é: precisamos de companhia, de alguém para cuidarmos e/ou para cuidar de nós.

Enfim: a vida, sem ninguém, não tem graça.

Foto: Autoria Pessoal, na Avenida Europa, em Bragança Paulista.

– Uia!

Literalmente, fechou o tempo!
Começou a noite e a chuva vem chegando.Que venha bem mansinha…

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#anoitecer #nuvens #clouds #rain #natureza #nature #temporal

– 52 anos de Spectreman!

Estamos envelhecendo mesmo! Não é que há exatos 51 anos começava a produção do seriado Spectreman?

Hoje, quem assistir, achará bizarro. Mas para as crianças daquela época como eu… era sensacional vê-lo contra o terrível Dr Gori!

Extraído do HistoryChannel Brasil, quando fez 50 anos:

50 ANOS DE SPECTREMAN

No dia 2 de janeiro de 1971 teve início a produção original do seriado Spectreman, uma série de televisão japonesa de ficção-científica. Sua produção seguiu até 25 de março de 1972, totalizando 63 episódios. No Brasil, a produção foi ao ar entre os anos de 1981 a 1982 pela Rede Record. Entre 1983 e 1990, a série foi transmitida pelo SBT.
A trama do seriado é em torno da luta do androide Spectreman contra o cientista Gori e seu auxiliar, Karas — ambos homens-macaco. Fora as batalhas do bem contra o mal, Spectreman também abordava questões relacionadas aos problemas causados pela poluição.

Imagem extraída de: http://www.shoujo-cafe.com/2021/01/cinquenta-anos-de-spectreman.html

– Metas para o Ano Novo?

Como é difícil traçar metas para o ano seguinte… Mais difícil do que isso, claro, são os objetivos a longo prazo.

Resolvi listar algumas coisas (não vale a pena relatar). Não sei se vou conseguir realizá-las, mas… tentar vale a pena, não?

E você, como está a sua relação com esses primeiros dias de 2022?

Imagem extraída de: http://www.formacerta.com.br/blog/como-tracar-e-executar-melhor-as-suas-metas-em-2021/

– Momento de Mansidão.

Vir aqui na Missa, numa plena 2ª feira ao Meio-Dia, é encontrar um refúgio de paz para meditar e conversar com o Alto.

Para hoje, a reflexão no belíssimo Salmo 97:

 “Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

Peça. Confie em Jesus. E se fraquejar, clame à Virgem Maria pela sua intercessão.

(Imagem do interior da Catedral Nossa Senhora da Conceição – Bragança Paulista/SP, abaixo:)

#Fé #Religião #SantaMissa

– A rosa lilás.

Nossa nova xodó: a roseira lilás, com suas pétalas bem bonitas!

Cuide das flores, pois elas nos retribuem em inspiração.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #garden #flora

– Deixem o Cristiano Ronaldo em paz!

Leio muita gente criticando a decisão de Cristiano Ronaldo em jogar na Arábia Saudita.  E por quê?

Vamos lá:

  • CR7 já ganhou os diversos prêmios de “melhor do mundo”, além de títulos importantes nos gigantes clubes que jogou. Portanto, não precisa provar mais nada.
  • Veterano, por mais disciplinado que seja, já sente a dificuldade da idade no rendimento em campo. Na Arábia, ele jogará com “um pé nas costas”, se desempenhar 10% do seu potencial.
  • O cara é profissional, e joga onde desejar. No auge, quando era mais competitivo, recusou uma bilionária proposta da China, pois queria continuar em torneios de relevância. Agora, é o momento de fechar a carreira.
  • É comum que craques se aposentem garantindo uma “aposentadoria extra” jogando em praças menores do futebol. Pelé não foi para os EUA, por exemplo?
  • Na ilustração da ESPN, abaixo: ele vai ganhar 1 bilhão de reais por ano de contrato! Ou quase R$ 121.000,00 por hora (um professor de faculdade no Brasil, com doutorado, recebe humildes R$ 50,00/hora-aula). Por quê não garantir dinheiro para que seus tataranetos, por mais numerosos que sejam, tenham milhões no banco?

Que Cristiano Ronaldo seja feliz no Al-Nassr! E lembrando: fora o salário, imagine as regalias oferecidas pelo príncipe para convencê-lo…

– Ser Feliz no Trabalho!

Compartilho o ótimo artigo sobre bem-estar e clima organizacional, produzido pela i9 Consultoria Empresarial. Nele, a boa e inteligente discussão sobre crenças e mitos do ambiente de trabalho, bem como relacionamentos e condutas.

Vale a pena ler!

Extraído de: http://i9consultoriaempresarial.blogspot.com.br/2014/01/o-cracha-da-felicidade.html

O CRACHÁ DA FELICIDADE

por Cristiana Almeida, psicóloga

Será que a felicidade tem crachá para adentrar os portões das empresas? Se você já conversou com pessoas cujo repertório resume-se a reclamações e a angústias quanto ao ambiente corporativo, certamente notou que, para elas, a satisfação profissional é utopia. Mas será possível viver esse sentimento em um contexto onde as subjetividades caminham juntas às metas a cumprir?

Onde é preciso atuar diante de incertezas e de exigências de desempenho cada vez mais elevadas? No qual os relacionamentos são pautados pela diversidade de pensamentos e de valores pessoais e em que são necessários inúmeros malabarismos para prover o mínimo de dedicação à vida pessoal?

A resposta para essas questões dependerá das percepções que temos a respeito da nossa vida profissional que, muitas vezes, estão posicionadas sobre destrutivos paradigmas. Dentre as várias crenças que impedem o bem-estar no ambiente de trabalho, existem três muito comuns. Desde já, pense em deletá-las!

A primeira é a de que “Trabalho serve para ganhar dinheiro e só!“. Ela também pode ser observada em frases como “A parte boa do trabalho é o dia 5 e o dia 20” ou “eu sou somente um número“. Por essa ótica, é evidente que a pessoa não enxerga o significado nem a importância do trabalho que executa, porque sua visão está “embaçada”. É necessário romper essa barreira para recobrar a consciência em relação ao significado dele. O trabalho deve ser emancipador, mas não apenas sob a ótica financeira e sim pelo crescimento que traz ao nos colocar diante de desafios e de situações inesperadas. Lembre-se de que a atividade profissional deve ter o sentido de contribuição e de prestígio para a própria pessoa que a desenvolve. Isso traz felicidade!

A segunda crença a ser eliminada é aquela em que se condiciona a felicidade profissional a fatores sobre os quais não é possível exercer controle. Os portadores desse tipo de convicção manifestam seus sintomas por frases assim: “Esse trabalho seria muito bom, não fosse o meu chefe, o colega, o sistema, o cliente etc.” ou por falas como: “Se as coisas voltassem a ser como antes, aí sim”.

Tais profissionais posicionam-se como vítimas das circunstâncias e vivem em função de suas próprias reclamações. Eles se esquecem de que sempre há pelo que agradecer, a começar pela própria oportunidade de trabalho, passando pelo convívio com os colegas, pelos impasses que geram aprendizado, pelo salário e pela saúde para trabalhar. A gratidão desperta a felicidade! Além do que, não há tempo mais apropriado do que agora para mudar sua história. Desavenças não podem ser prioritárias ao ponto de desestimular a satisfação no contexto profissional. Se havia maior felicidade no início da carreira, é preciso refletir sobre quais elementos eram responsáveis por esse sentimento, a fim de que ele seja rapidamente resgatado.

A terceira crença leva seu adepto a imaginar que as pessoas são coadjuvantes de sua própria história. O chamado “perfil conformista” é notado em falas como “O meu tempo já passou, olha a minha idade!”; “Aqui é difícil crescer, não vou perder tempo me esforçando, nem dinheiro com estudos”; “Eu não penso em sair daqui porque todo lugar é a mesma coisa” ou ainda “O sol brilha somente para alguns”.

Os antídotos para os efeitos dessa crença estagnante são posicionar-se como protagonista de sua trajetória, assumir o controle, não se dar prazo de validade, ousar se desconfortar, pensar em mudanças, e, principalmente, provocá-las. Quando a pessoa acredita ser a única responsável por “fazer acontecer”, percebe que o crescimento no ambiente de trabalho depende de suas próprias atitudes e entende que os limites são impostos por ela mesma, a satisfação profissional aparece, sem demora!

A felicidade no ambiente de trabalho existe e é uma responsabilidade pessoal, que não pode ser delegada a terceiros ou atribuída a todo tipo de circunstâncias, como a sorte. Então, quanto à pergunta: a felicidade tem crachá para adentrar os portões das empresas? A resposta é simples: depende de você!

Resultado de imagem para Ser Feliz no Trabalho

Extraído de: https://www.novomomento.com.br/artigo-motivao-no-trabalho-e-recompensas/

– Horizonte infinito!

Um bonito céu a partir do Aeroporto de Bragança Paulista: é o que temos agora, às 15h. Porém, as nuvens brancas, aos poucos, vão escurecendo

Preparemos os guarda-chuvas!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#sky #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress

– O que “devemos” e o que “não devemos”, segundo São Paulo aos Colossenses!

Indo à Missa dias atrás, deparei-me com essa inspiração bíblica. Abaixo:

Fazei morrer o que em vós pertence à terra: imoralidade, impureza, paixão, maus desejos e a cobiça (…). Abandonai a ira, irritação, maldade, blasfêmia, palavras indecentes, que saem dos vossos lábios. Não mintais uns aos outros. Já vos despojastes do homem velho e de sua maneira de agir e vos revestistes do homem novo! (…) Vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, caso um tenha queixa contra o outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai vós também. Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição. Que a paz de Jesus Cristo reine em vossos corações. (…)”.

Palavras e ensinamentos belos, santos e necessários para uma digna vida em família e sociedade!

Santidade - Catedral de Londrina

Imagem extraída de: https://catedrallondrina.com.br/noticias/santidade/

– Red Flower.

A perfeição das flores para embelezar nossa tela!

Como uma simples e frágil roseira pode produzir tão belo botão de rosa?

Esse vermelho tão vibrante nos inspira e obriga-nos a agradecer a natureza.

Olhe só, que incrível flor:

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– A Copa São Paulo é para revelar ou não?

O texto é de 5 anos, mas se faz atual para 2023: o CRAQUE precisa da Copinha para ser revelado? E o árbitro? 

Em tempo: o Santana, do Amapá, que está na chave do palmeiras, desistiu dois dias antes do torneio…

Abaixo, deste mesmo blog:

Começará a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018. A competição é apaixonante para quem gosta de esportes, e abre o calendário futebolístico do Brasil.

Porém, a “Copinha”, como é conhecida carinhosamente a competição, há tempos deixou de ter o propósito inicial: apresentar os craques do futuro e revelar atletas.

No começo, craques surgiam em grandes jogos de equipes de ponta. Clubes de expressão conseguiam mostrar o trabalho realizado nas categorias de base, enfrentando co-irmãos da mesma grandeza.

Hoje, equipes de todo o país, até mesmo as que não se sustentam durante o ano, disputam a Copa SP. Esquadrões formados às pressas, seleções regionais e combinados de atletas de empresários influentes acabam se envolvendo com clubes grandes. E como no futebol nem sempre o melhor vence, pode ocorrer de um grupo qualquer, por ser jogo único, eliminar um time sério que trabalha o ano inteiro. E isso não é bom para o futebol… Já tivemos o Roma de Barueri (de onde veio e para onde foi?) vencendo o torneio em cima do São Paulo FC.

Quem continua fazendo trabalho sério no esporte: o Roma ou o SPFC? O primeiro vende (ou vendia) atletas como mercadoria bruta, o outro forma jogadores (incluindo trabalho escolar e social). E, com frequência, esses mesmos combinados que por acaso vencem a competição, passam vexame: ou alguém não se lembra de times do Tocantins e Roraima levando goleadas com placares de mais de 10 X 0?

Em suma: perdeu-se o espírito esportivo e privilegiou-se o mérito financeiro. A Copinha deveria ser um torneio com os 12 grandes do Brasil (os 4 paulistas, os 4 cariocas, os 2 gaúchos e os 2 mineiros), somando os convites a um ou outro do Centro-Oeste e Nordeste (simplesmente privilegiando o mérito técnico), além dos tradicionais times paulistas que são reconhecidamente fortes nas categorias de base (incluo aqui os campineiros Guarani e Ponte Preta, a Lusa do Canindé, o Nacional da Capital, e, claro, o sempre forte Paulista de Jundiaí, de ótimas campanhas no Sub 19/Sub20). 

Além disso, não poderia deixar de tocar no assunto: e para a arbitragem, a Copinha vale o quê?

Vale muito! Para o árbitro iniciante, é a oportunidade de grandes jogos (para a sua carreira até aquele momento) e com casa cheia. É um debute em competição de importância. Serve para ele aspirar às séries mais altas no Estadual, como A3 e A2, além de ganhar ritmo de jogo para a temporada.

Há um problema nesse ponto: antes, a Copa SP era arbitrada por jovens árbitros durante todo o torneio, e quem se destacasse mais, chegaria à final. Hoje mudou: árbitros conhecidos nacionalmente apitam alguns jogos a fim de se prepararem ao Paulistão, tirando a oportunidade de revelar jovens talentos do apito. Na década de 90, quem apitava a final da Copinha conseguia chegar a série A1! Nos últimos anos, até FIFA atuou na Copa SP.

Fica a preocupação: qual o mote principal da Copinha aos árbitros, pela visão da Comissão de Árbitros da FPF: revelar gente nova ou treinar juiz da primeira divisão?

Quanto ao mote dos clubes, aqui a Federação Paulista não deixa dúvidas: é o de fazer negócios! Claro, quais talentos das últimas edições da Copa SP disputaram o Campeonato Brasileiro?

O craque, hoje, não precisa de Copinha para se revelar. Lembre que Neymar era reserva na edição em que disputou…

FPF divulga os grupos da próxima Copa São Paulo de Futebol Júnior; confira as 32 chaves com 128 times | LANCE!

Foto: Divulgação FPF.

– Lago do Taboão, hoje cedo.

E essa é a manhã quente aqui em Bragança Paulista!

Um sol ardido para um novo ano em seu primeiro dia útil…

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress

– Os picaretas das bombas de gasolina!

Fui dono de Posto de Combustível e sei o que estou escrevendo: o ramo é difícil e a honestidade rareia nessa seara.

Dia 31, abasteci gasolina em Bragança Paulista a R$ 4,79. Dia 01, estava a R$ 5,79! Não subiu o preço oficialmente (ainda) e não há nada que justifique o aumento tão substancial do dono do posto – a não ser a ganância. E o frentista teve a cara-de-pau em afirmar: subiu na semana passada… Mentiroso!

É por essas e outras que o país não vai pra frente! Cadê a fiscalização de abuso econômico?

Em tempo: o aumento ocorrerá devido ao Pis e Confins. Mas repassar antes, é sacanagem…

Imagem extraída de: https://goias24horas.com.br/27905-gasolina-em-goiania-e-a-6a-mais-cara-entre-as-capitais-e-um-assalto-e-procon-e-mp-nao-fazem-nada/amp/

– Nuvens no infinito.

Céu repleto de nuvens para começar a semana. Que Segundona teremos?

Que nossa jornada seja favorável!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #clouds

– Liturgia Diária de 02/01/2022: o Santíssimo Nome de Jesus.

Festa de 2ª Classe- Missa Própria A festa de hoje é um complemento da Circuncisão. Seu fim é glorificar o Nome de Jesus. A Missa é um Sacrifício de …

Continua em: Liturgia Diária- Santíssimo Nome de Jesus