– Não se rebaixe ao pensamento alheio.

Temos que ter humildade em reconhecer nossos erros e fraquezas, mas precisamos valorizar nossa competência.

Gostei desse pensamento, abaixo:

– Funcionários brasileiros começam a praticar o Quiet Quitting (ou demissão silenciosa).

Funcionários reduzem o ritmo de trabalho para não se sobrecarregarem e sofrem de males corporativos. Tal atitude – chamada de Quiet Quitting – é cada vez maior no país.

Abaixo, extraído de: https://www.istoedinheiro.com.br/metade-dos-funcionarios-praticam-o-quiet-quitting-aponta-pesquisa/

METADE DOS FUNCIONÁRIOS PRATICAM O QUIET QUITING, APONTA PESQUISA

por Bruno Pavan

O mercado de trabalho vem passando por diversas mudanças e os valores das empresas é algo cada vez mais visto pelos funcionários. É o que mostra a pesquisa Felicidade Coporativa e Futuro do trabalho no Brasil, realizada pela Reconnect Happiness at Work, empresa especializada em felicidade corporativa e liderança positiva, em parceria com a Feedz, startup que atua com a digitalização de processos do RH e departamento pessoal.

O levantamento ouviu 176 profissionais no mês de novembro, sendo 55,6% de CEOs e 44,4% de colaboradores. As áreas de atuação dos entrevistados são: serviços (26,1%), tecnologia (19,9%), indústria (16,5%), finanças (6,8%), comunicação (6,3%), startup (5,7%) e outros segmentos (18,8%).

Metade dos funcionários se sentem sobrecarregados ou apáticos no trabalho

O Quiet Quitting, ou demissão silenciosa, foi uma expressão que entrou de vez no vocabulário corporativo em 2021. A prática acontece quando o funcionário toma a decisão de limitar suas tarefas àquelas estritamente necessárias dentro da sua função e escopo de trabalho, evitando longas jornadas e sobrecarga.

Essa é a realidade para 50% dos entrevistados, que disseram fazer o quiet quitting por se sentirem sobrecarregados ou apáticos em seus trabalhos. A outra metade afirmou que se sente engajada.

“O quiet quitting é também um grande alerta para o próprio profissional. Num contexto de trabalho, qual é o grau de envolvimento e satisfação que está tendo com a sua vida profissional? Você entende que os altos e baixos fazem parte de todo processo de desenvolvimento e crescimento? O quanto você está comprometido com isso e quais são seus limites?”, explica Maria Eduarda Silveira, CEO da Bold HRO, consultoria de recrutamento especializado e desenvolvimento organizacional.

A importância da flexibilidade

Outro questionamento da pesquisa foi quais os pontos são mais importantes para os funcionários em um emprego. Para 25% dos entrevistados, a flexibilidade e a qualidade de vida são essenciais. Outros 21,6% afirmaram que reconhecimento e valorização do trabalho feito é o mais importante. Já 15% dizem que trabalhar em uma empresa com os mesmos valores que os seus é o que faz a diferença.

Para Renata Rivetti, diretora da Reconnect Happiness at Work, as empresas que oferecem aos funcionários a possibilidade de trabalhar de forma 100% remota ou híbrida e algo a mais que bons salários e benefícios pode atrair bons profissionais com mais facilidade.

“Os colaboradores querem mais do que um bom salário e benefícios, que é o mínimo, mas não tudo. As pessoas querem qualidade de vida e o reconhecimento de uma empresa que tenha a ver com seus valores e que traga significado às suas vidas”, acredita.

Por que os funcionários pedem demissão?

O levantamento descobriu que a maioria das pessoas que pedem demissão (41%) o fazem por questões financeiras ou por receberem uma proposta profissional melhor. Já 22% disseram que saem da uma empresa por discordarem de atitudes da liderança e outros 22% afirmaram que se sentiram desconectados com a cultura e os valores da empresa.

“O mais importante é a empresa realmente ter clareza de sua cultura interna e se está atuando de forma a fortalecê-la, engajando os funcionários e capacitando a liderança para que saibam reforçar os pilares que sustentam esses valores dentro de suas estruturas. Isto é o que trará senso de propósito e coesão ao time”, explicou Maria Eduarda Silveira.

Boa liderança pode conter saídas

Quando os entrevistados foram questionados sobre se desejam ou não continuar na empresa, 39,2% responderam que querem continuar na empresa; 23,9% pensam em mudar. Outros 20,5% desejam continuar na mesma empresa, desde que sejam promovidos ou mudem de área e 13,1% desejam continuar, desde que haja mudanças nas atitudes da liderança, ou que a empresa promova um novo líder.

“Esse resultado aponta que é preciso conscientizar a liderança sobre a importância de seu papel no engajamento, motivação e felicidade da equipe, além de também ser importante priorizar o desenvolvimento de pessoas, apoiando-as em sua evolução e progressão de carreira”, encerrou Gabriel Leite, CMO e Cofounder da Feedz.

Crédito: Canva Studio

Pesquisa sobre felicidade corporativa destaca que funcionários estão valorizando cada vez mais o ambiente de trabalho (Crédito: Canva Studio)

– Chuva e sol!

E a água chegou na estrada!

Sol e chuva, casamento de viúva!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#sunset #amanhecer #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #nuvens #clouds

– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para São Bernardo x Red Bull Bragantino.

Um árbitro de 27 anos, promissor, apitará São Bernardo x Red Bull Bragantino:

Árbitro: João Vitor Gobi
Árbitro Assistente 1: Fabrini Bevilaqua Costa
Árbitro Assistente 2: Evandro de Melo Lima
Quarto Árbitro: Thiago Lourenço de Mattos
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
AVAR1: Fabio Rogerio Baesteiro
Observador VAR: Luiz Vanderlei Martinucho
Quality Manager: Mário Nogueira da Cruz
Analista de Vídeo: Carlos Donizeti Pianosqui

Gobi é um menino que em 2019 estreou na 4a divisão paulista, e engatou uma boa sequência de jogos. A primeira vez que comentei jogos dele, foi numa partida no Estádio Jayme Cintra, e me chamou a atenção suas qualidades (escrevi aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2019/04/13/analise-da-arbitragem-de-paulista-3×1-manthiqueira/).

Neste mesmo ano, fez uma excelente arbitragem em Amparo, que me fez até “cobrar” uma oportunidade melhor: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2019/06/16/amparo-2×0-paulista-otima-arbitragem-de-gobi-vale-a-pena-dar-oportunidade-ao-rapaz/).

No ano seguinte (2020), estreou na A1 em Mirassol x Guarani, com razoável atuação. E no mesmo ano, não foi bem na A2 no São Caetano x São Bernardo, sentindo a ascensão muito rápida (aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2020/08/20/sao-caetano-4×3-sao-bernardo-o-correto-e-o-equivocado/).

Desde então, ficou transitando entre A2 e A3, e duas temporadas depois, volta a ter uma chance na série A1. Se ele estiver bem preparado, fará uma boa arbitragem (ele permite que o jogo flua, tem um estilo de arbitragem que permite que a equipe que busque o gol possa jogar, coibindo cera e cobrando tempo de bola rolando).

Aguardemos uma boa atuação!

Acompanhe conosco o jogo do São Bernardo vs Red Bull Bragantino pela Rádio Futebol Total, acessando:
YouTube: https://www.youtube.com/c/CANALDOLOREDO, ou
Facebook: https://www.facebook.com/radiofuteboltotalbraganca, ou
Twitter: https://twitter.com/radiodaverdade,
ou ainda pelo site: http://radiofuteboltotal.com.
Narração de Sérgio Loredo, comentários e reportagens de Pietro Loredo, Análise da Arbitragem de Rafael Porcari. Quarta-feira, 18/01, 19h00. Mas desde às 18h00 estaremos no ar para levar a melhor transmissão para você!

– A combinação perfeita das cores.

De um mirante da cidade de Campo Limpo Paulista, vendo o infinito tão belo!

As cores da natureza nos dão inspiração…

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#sky #céu #nature #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiration #mobgrafia #XôStress #azul #verde #blue #green

– No Parque da Cidade…

Momento de paz no Parque da Cidade, em Jundiaí. Correr à beira da Represa, relaxar vendo a natureza… que tranquilidade!

Por mais momentos assim:

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Dia de Santo Antão.

Hoje é dia de um santo monge eremita: Antão, de uma história incrível e que lutou contra os arianos.

Conheça sua vida (extraído de: http://santo.cancaonova.com):

SANTO ANTÃO, EXEMPLO DE CASTIDADE, DE OBEDIÊNCIA E POBREZA

Pai do monarquismo cristão, Santo Antão nasceu no Egito em 251 e faleceu em 356; viveu mais de cem anos, mas a qualidade é maior do que a quantidade de tempo de sua vida, pois viveu com uma qualidade de vida santa que só Cristo podia lhe dar. Com apenas 20 anos, Santo Antão havia perdido os pais; ficou órfão com muitos bens materiais, mas o maior bem que os pais lhe deixaram foi uma educação cristã. Ao entrar numa igreja, ele ouviu a proclamação da Palavra e se colocou no lugar daquele jovem rico, o qual Cristo chamava para deixar tudo e segui-Lo na radicalidade. Antão vendeu parte de seus bens, garantiu a formação de sua irmã, a qual entrou para uma vida religiosa.

Enfim, Santo Antão foi passo-a-passo buscando a vontade do Senhor. Antão deparou-se com outra palavra de Deus em sua vida “Não vou preocupeis, pois, com o dia de amanhã. O dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado”(Mt 6,34). O Espírito Santo o iluminou e ele abandonou todas as coisas para viver como eremita. Sabendo que na região existiam homens dedicados à leitura, meditação e oração, ele foi aprender. Aprendeu a ler e, principalmente a orar e contemplar. Assim, foi crescendo na santidade e na fama também.

Sentiu-se chamado a viver num local muito abandonado, num cemitério, onde as pessoas diziam que almas andavam por lá. Por isso, era inabitável. Ele não vivia de crendices; nenhum santo viveu. Então, foi viver neste local. Na verdade, eram serpentes que estavam por lá e , por isso, ninguém se aproximava. A imaginação humana vê coisas onde não há. Santo Antão construiu muros naquele lugar e viveu ali dentro, na penitência e na meditação. As pessoas eram canais da providência, pois elas lhe mandavam comida, o pão por cima dos muros; e ele as aconselhava. Até que, com tanta gente querendo viver como Santo Antão, naquele lugar surgiram os monges. Ele foi construindo lugares e aqueles que queriam viver a santidade, seguindo seus passos, foram viver perto dele. O número de monges foi crescendo, mas o interessante é que quando iam se aconselhar com ele, chegavam naquele lugar vários monges e perguntavam: “Onde está Antão?”. E lhes respondiam: “Ande por aí e veja a pessoa mais alegre, mais sorridente, mais espontânea; este é Antão”.

Ele foi crescendo em idade, em sabedoria, graça e sensibilidade com as situações que afetavam o Cristianismo. Teve grande influência junto a Santo Atanásio no combate ao arianismo. Ele percebeu o arianismo também entre os monges, que não acreditavam na divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo. Antão também foi a Alexandria combater essa heresia. Santo Antão viveu na alegria, na misericórdia, na verdade. Tornou-se abade, pai, exemplo para toda a vida religiosa. Exemplo de castidade, de obediência e pobreza.

Santo Antão, rogai por nós!

bomba.jpg

Imagem extraída de: https://ionline.sapo.pt/artigo/580385/as-portas-e-as-tentacoes-de-santo-antao?seccao=Mais_i

– De lanterna a quase ponteiro: sobre o Manchester United e sua retomada!

Como explicar o ressurgimento do Manchester United, depois de tantas situações conturbadas?

Abaixo, extraído de: https://www.cnnbrasil.com.br/esporte/de-ultimo-colocado-a-candidato-ao-titulo-o-extraodinario-ressurgimento-do-manchester-united/

DE ÚLTIMO COLOCADO A CANDIDATO AO TÍTULO: O EXTRAORDINÁRIO RESSURGIMENTO DO MANCHESTER UNITED

Confira cinco motivos que ajudaram o time inglês a reconquistar a autoridade que obtinha na Inglaterra

Durante anos, o Manchester United dominou o futebol inglês, conquistando 13 títulos da Premier League entre 1992 e 2013, assim como os melhores jogadores do mundo e legiões de torcedores.

Mas, desde a aposentadoria do lendário técnico Alex Ferguson, em 2013, os torcedores do United viram seu reino desmoronar, enquanto outro foi construído do outro lado da cidade, no Manchester City.

No entanto, uma vitória por 2 a 1 sobre o City no sábado (14) colocou, de repente, o Manchester United de volta na disputa pelo título da Premier League e parece finalmente confirmar o ressurgimento dos torcedores do United.

Agora, a equipe soma 12 vitórias nos últimos 13 jogos, em todas as competições, e nove vitórias consecutivas após um péssimo início de temporada, em que chegou a ficar na parte de baixo da tabela e foi goleado pelo City (6 a 3) em outubro.

  • Erik ten Hag

Desde que Ferguson se aposentou em maio de 2013, o United teve seis técnicos e dois interinos, cada um com desempenho abaixo do esperado em um clube acostumado a ganhar troféus.

Só José Mourinho durou mais de dois anos.

Depois de um início desastroso no comando, Erik ten Hag parecia estar se conformando com o esquema, mas reconquistou a autoridade do United dentro e fora do campo.

Fora de campo, Ten Hag impôs a disciplina: Marcus Rashford foi afastado no mês passado por motivos disciplinares, assim como Alejandro Garnacho depois de ter perdido os primeiros encontros da equipe durante a pré-temporada.

“Em um clube importante como este, tem que ser”, disse o defensor Luke Shaw, de acordo com a ESPN, depois que Rashford foi dispensado por Ten Hag.

O craque Cristiano Ronaldo deixou o clube depois de ter se recusado a ser reserva em um jogo.

“Acho que as pessoas não podem fazer o que quiserem e talvez isso tenha sido parte do problema no passado, com as pessoas se safando com pequenas bobagens”, opinou Shaw.

“O treinador leva tudo isso em consideração. Se você não mantém a barra alta, você não joga”.

  • Marcus Rashford

Contra o City no sábado, foi Rashford quem marcou o gol da vitória, acertando um cruzamento de Garnacho para a rede.

Com esse gol, Rashford se tornou o primeiro jogador do Manchester United a marcar em sete jogos consecutivos desde Ronaldo em abril de 2008, e sua forma brilhante de jogar é um ponto importante do sucesso do United nesta temporada.

“Ele já aprendeu, sabe que no futebol de elite você tem que sofrer, tem que se sacrificar, tem seus momentos dolorosos, especialmente um jogador como ele, que é imparável”, disse Ten Hag depois da partida, segundo a Reuters.

É um grande contraste com o ano passado, quando o jogador de 25 anos marcou apenas quatro gols em 25 jogos na Premier League, perdeu seu lugar na seleção da Inglaterra e parecia que sua promissora carreira estava desmoronando.

Sob o comando de Ten Hag, Rashford parece ter recuperado alguma confiança e tem adotado uma abordagem mais direcionada ao seu jogo, marcando mais gols de perto – 78% de seus chutes vieram de dentro da área nesta temporada, em comparação com apenas 59% em 2019-2020, de acordo com a Sky Sports.

  • Contratações do verão

Casemiro transformou o meio-campo do United desde que chegou ao clube em agosto em uma transferência de £ 60 milhões (R$ 365 milhões) do Real Madrid.

Assistindo à humilhante derrota do United por 4 a 0 para o Brentford pouco antes de assinar, Casemiro enviou uma mensagem de texto para seu agente, dizendo: “Diga a eles que vou consertar isso”, informou o Daily Telegraph da Inglaterra.

Sem o pentacampeão da Liga dos Campeões, a defesa do United sofreu nesta temporada 1,5 gol e 11,5 finalizações por jogo quando está fora, em comparação com 0,6 gol e 8,4 finalizações quando joga, de acordo com o Telegraph.

Mas Casemiro fez muito mais pelo United do que simplesmente preencher as lacunas defensivas, trazendo uma distribuição de primeira classe e aquela indescritível “mentalidade vencedora”.

“É muito importante”, disse Ten Hag, segundo a BBC. “Ele é o cimento entre as pedras. Sua defesa, sua organização, ele sabe sua posição, antecipa e aponta para os jogadores a posição correta, ganha bolas no meio-campo”.

O recente campeão mundial Lisandro Martínez também contribuiu para o renascimento do United desde que ingressou no verão, formando uma dupla impressionante com Raphael Varane no zaga para reforçar a então frágil defesa do clube.

  • Mudança de tática

Sob o comando de Ten Hag, as táticas do United têm sido mais ágeis e às vezes não convencionais, como mover o lateral-esquerdo Luke Shaw para o centro da defesa.

Inicialmente, essa mudança foi forçada por lesões e compromissos internacionais, mas Shaw permaneceu nessa posição desconhecida.

Na semana passada, sua velocidade foi usada para conter o Wolverhampton Wolves na direita e seu pé esquerdo para “obter melhores ângulos em campo”, disse Ten Hag ao site oficial do United.

Também contra o City, Shaw jogou como zagueiro, defendendo o artilheiro Erling Haaland e vencendo duelos aéreos no final do jogo.

A versatilidade de Shaw dá ao United outra opção na defesa, quase como contratar outro zagueiro na janela de transferências, como brincou Bruno Fernandes no Instagram após o clássico de Manchester.

  • Cristiano Ronaldo

Nem mesmo o estatuto de Ronaldo como emblema do Manchester United o isentou da reestruturação da equipe por Ten Hag.

As atuações de Ronaldo em campo foram decepcionantes nesta temporada: em 10 jogos da Premier League, ele marcou apenas um gol.

Em últina instância e para sua frustração, Ronaldo ficou no banco e Ten Hang optou por alinhar Rashford ou Anthony Martial no seu lugar, jogadres que oferem mais perigo e se adaptam melhor ao estilo holadês de pressão mais em cima.

Tudo culminou em novembro, quando Ronaldo disse que se sentia “traído” pelo United e não tinha respeito por Ten Hag, em uma polêmica entrevista com Piers Morgan na TalkTV, e posteriormente deixou o clube com efeito imediato.

A saga de Ronaldo consolidou a autoridade do Ten Hag em vez de enfraquecê-la, oferecendo um sinal tangível de que nenhum jogador é maior que o time.

Assim, os primeiros frutos da recuperação do United parecem estar surgindo, mas isso já aconteceu antes no período de declínio que se seguiu à idade de ouro do clube. A questão agora é se o trabalho de Ten Hag dará mais frutos do que seus predecessores.

Bandeira de escanteio no campo do Manchester United

Pool via REUTERS/Phil Noble E

– Brilhe, amigo sol.

Brilhe, sol, iluminando a 3ª feira!

Quem cedo madruga, Deus ajuda. E o Astro-Rei veio bem cedinho…

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #Itatiba

– Você volta ou não atrás de decisões tomadas?

Conta-se (portanto não sei se é verdade) que um dia perguntaram a Juscelino Kubitschek sobre voltar atrás em várias de suas decisões – se seria fraqueza, sinal de demagogia ou falta de convicção.

Respondeu então o presidente brasileiro:

“Costumo voltar atrás sim, não tenho compromisso com o erro”.

Quando mudamos nossas opiniões e convicções, fazemo-nos por qual motivo: debilidade no que cremos ou certeza de arrumarmos e evitarmos equívocos?

Ninguém deve ser um poste para manter uma posição dura / surda / imutável.

bomba.jpg

Imagem extraída da Web, autoria desconhecida.

– Corra que faz bem!

E mais um treino finalizado hoje, controlando os batimentos cardíacos.

Correr faz muito bem, traz equilíbrio para o corpo, para a alma e para a mente! E meus outros motivos para correr eu explicito aqui: https://professorrafaelporcari.com/2020/06/13/bom-dia-sabado-explicando-uma-historia-sobre-animo-e-mobgrafia-em-cores-e-cliques/

– Bom dia, 3ª feira (4 de 4).

🌅 05h30 – Desperte, Bragança Paulista.

Que a terça-feira possa valer a pena.

(E há de valer – creiamos nisso).

🍃🙌🏻 📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#clouds #nuvens #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia

– Bom dia, 3ª feira (3 de 4).

🌺 Fim de cooper! Valeu o treino (além do esforço).

Estou suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da natureza. Hoje, com essas delicadas plantas: rosas do deserto.

Curta flores! Elas nos desestressam e aliviam a mente.

🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento

– Bom dia, 3ª feira (2 de 4).

🙏🏻 Enquanto vou correndo, fico meditando e faço uma prece:

“- Ó Virgem Maria, Mãe de Deus e Nossa Mãe, rogai por nós que recorremos a vós. Hoje, especialmente pelos que estão doentes, enfermos do corpo, da alma ou da mente. Amém.”

Reze, e se o que você pediu for para seu bem, Deus atenderá.

⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade

– Bom dia, 3ª feira (1 de 4).

👊🏻 Olá amigos! Tudo bem? Bem dispostos para mais um dia de vida?

Por aqui, tudo pronto para suar mais uma vez em busca de saúde. Vamos correr a fim de produzir e curtir a tão necessária endorfina (controlando o cortisol)?

Pratique esportes. Sempre!

🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running #asics