– O duplo lance polêmico em São Paulo 2×1 Santos.

O Santos FC está bravo com a arbitragem há algum tempo. Por dois motivos:

  1. No último San-São pelo Paulistão, na Vila Belmiro, quando perdeu de 3×0, dois pênaltis não foram marcados (uma infeliz jornada da árbitra Édina Alves, que passava por problemas pessoais e foi mal escalada pela CEAF-SP). Falamos aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/02/21/os-dois-penaltis-reclamados-em-santos-0x3-sao-paulo/
  2. No Coritiba X Santos, outro pênalti claro não marcado, agora por Bruno Arleu (FIFA-RJ). Debatemos aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/04/21/o-penalti-nao-marcado-em-coritiba-x-santos/

Ontem, no Morumbi, aos 77 minutos, Alisson (SPFC) e Lucas Pires (SFC) estão disputando a bola próximo à linha lateral, e fica a dúvida: ela saiu por inteiro antes do toque derradeiro do são-paulino?

A impressão que eu tenho é: antes de passar a linha por completo, ela bate no calcanhar de Alisson. Repare que o quarto-árbitro Ilbert Estevam, bem próximo ao lance, está ajudando Vuaden (já que o bandeira 1 Jorge Eduardo Bernardi está mais longe e talvez com o corpo do atleta encobrindo a bola). Parece-me pela imagem que ele, Ilbert, é quem fala ao árbitro e o bandeira acompanha a marcação (tal situação é corriqueira dentro de campo, afinal, o quarto-árbitro auxilia o juiz nos lances duvidosos próximos). Mas, particularmente, penso que errou: o lateral era para o Santos FC.

O São Paulo cobra rápido e a bola vai ao ataque (afinal, não precisa ficar esperando autorização para cobrar lateral, foi esperto o jogador, além de que o VAR não pode intervir se a bola é para A ou para B). No cruzamento, o santista Rodrigo Fernandes pula com os braços levantados se jogando contra a bola. É esse o movimento antinatural, onde o atleta quer bloquear o cruzamento a qualquer custo. Repare que ele estica o braço de maneira bem clara.

A jogada estava no ”lado cego” do Vuaden (que não marcou num primeiro momento), e acertou o VAR ao sugerir a revisão. Se não tivesse VAR, naquele lance, o bandeira, com a visão aberta, deveria avisar o juizão. 

Por fim: o lateral eu daria para o Santos (aí não se pode culpar o árbitro, mas sim o bandeira e o quarto-árbitro), e pênalti corretamente marcado.

Observação: o árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden está “livre, leve e solto”, sem amarras, veterano e despreocupado com o futuro, e dessa forma pode apitar no velho estilo que o marcou no começo da carreira (ajudado pelo fato da FIFA querer maior tempo de bola rolando, orientando a deixar o jogo correr e não perder tempo demasiado no VAR).

Que bem faz mudar algumas peças na CBF, não?

Confira como foi a transmissão da Jovem Pan do jogo entre São Paulo e  Santos | Jovem Pan

Imagem extraída de: https://jovempan.com.br/esportes/futebol/sao-paulo-futebol/sao-paulo-x-santos-assista-a-transmissao-da-jovem-pan-ao-vivo-3.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.