– O meu preconceito a respeito da palavra “MAS”.

Muitas vezes somos sistemáticos com certas coisas. Uma das minhas birras é o tal do “MAS“.

Sabe quando você é elogiado, e logo depois do elogio ele aparece?

Putz, acaba com o dia. Não é uma autosuficiência, mas um perfeccionismo bobo.

Mas - Dicio, Dicionário Online de Português

Imagem extraída de: https://www.dicio.com.br/mas/

– As 9 questões do JJ ao Paulista FC.

O jornalista Ângelo Santi, do Jornal de Jundiaí, trouxe pertinentes questionamentos à diretoria do Paulista FC, diretamente ao presidente Rodrigo Alves, que ainda não as respondeu por falta de tempo, segundo ele.

Na edição de hoje do jornal, há 9 perguntas. A mim, não me parece que nenhuma delas é ofensiva. Aliás, todas são importantes para o torcedor entender um pouco mais da gestão do Galo.

Já escrevi muitas vezes em outras searas: clube se fechar à Imprensa é bobagem, tiro no pé e anti-marketing. Afinal, qual patrocinador quer expor uma marca em uma agremiação que não aparece por conta de se blindar contra jornalistas?
(Falamos disso aqui: https://professorrafaelporcari.com/2021/10/29/o-gol-contra-dos-clubes-cercear-os-jornalistas-e-brigar-com-a-imprensa/).

Que não seja birra de ninguém… nem dos veículos de comunicação (que fazem corretamente seu trabalho), nem do Rodrigo Alves (que representa o time profissional que tanto gostamos).

Para quem não teve a oportunidade de ler, abaixo (não custa nada responder e esclarecer, presidente)…

– Joanópolis, a Terra do Lobisomem e de Muita Beleza!

Fui passear com minha família em Joanópolis-SP no último final de semana. Que lugar incrível!


(Represa de Joanópolis na foto)

A cidade é conhecida como “Terra do Lobisomem” (e até enfrentei um por lá, veja só: https://youtu.be/JY7TmRkvazo)

Ali, em meio à natureza, existem várias cachoeiras. Visitamos a “Cachoeira dos Pretos”, que é altíssima. Abaixo:

Muitas das cachoeiras locais formam piscinas. Ali, água fresca, sol e sombra, e muita paz. Registrei:

Gostei de um lembrete que havia por lá. E o cumpri:

Por fim, valeu a diversão. Ah, olhe a gente com o Lobisomem:

– Como um Entrevistador deve se Portar.

Não é erro de digitação. Normalmente, nós vemos aconselhamentos sobre como um entrevistado deve se portar na entrevista de emprego. Agora, um artigo bacana do caderno Inteligência da “Época Negócios” traz dicas para quem está do outro lado. Vale a pena dar uma conferida! Abaixo,

Extraído de Revista Época Negócios, edição 28, pg 73

A PERGUNTA QUE VALE UM EMPREGO

Por Álvaro Oppermann

Há muitas dicas para um candidato se dar bem na entrevista. Mas o que dizer do entrevistador?

A cada ano, uma profusão de livros e artigos é publicada sobre a arte da entrevista de emprego: o que dizer, como se portar, o que vestir etc. O foco destas obras costuma ser o entrevistado. Pouca atenção é dedicada ao entrevistador. Isso está mudando. “A habilidade de recrutar é um dos maiores desafios atuais do gerente. Um bom entrevistador é fundamental”, escreveu Rhymer Rigby, jornalista inglês especializado em gestão. Compilamos as principais dicas sobre o tema, de autoria de craques da área, como Paul Falcone, diretor de Recursos Humanos da Time Warner Cable. Boa leitura.
Preparação_Faça o “dever de casa”: estude bem o currículo dos candidatos. “Cuidado com o currículo ‘funcional’, pouco específico, sem detalhamento de funções”, escreveu o professor indiano Mamin Ullah, em artigo recente do International Journal of Business and Management. “Também estabeleça cinco a sete critérios para julgar os candidatos, e não abandone estes critérios”, afirma Moira Benigson, sócia da firma de recrutamento MBS Group.
Recepção do candidato_Muitos entrevistadores têm o prazer quase sádico de “torturar” o entrevistado. É um erro, diz Paul Falcone no livro 96 Great Interview Questions to Ask Before You Hire (“96 ótimas perguntas de entrevista para fazer antes de contratar”). “A filosofia destes entrevistadores é: ‘o candidato precisa suar frio antes de ter a vaga’. Errado”, diz o diretor da Time Warner. Uma das formas sutis da “tortura” é a excessiva formalidade. “Tente criar um ambiente descontraído na entrevista”, completa Falcone.
Estrutura_A entrevista é estruturada em torno das competências e do comportamento do candidato. Porém, existem questões que devem ser evitadas. Por exemplo, não se devem fazer perguntas que induzam a resposta. Jane Clark, sócia da firma de consultoria Nicholson McBride, de Londres, esclarece: “Em vez de formular a questão ‘Você acha que integridade é importante?’, diga, ‘Dê-me exemplos de situações de integridade’”. “Controle o fluxo da entrevista. Quando o entrevistado se estende demais, interrompa-o polidamente”, diz Mamin Ullah.
Combate à incerteza_E o que fazer quando você ainda tem dúvida sobre o candidato? É a hora da pergunta de tom mais pessoal. Ela dá uma chance de ouro ao bom entrevistado. “Eu costumo perguntar ao final da entrevista: ‘O que você faz para brilhar?’”, diz Falcone. “Certa vez, uma recepcionista me disse que ela tivera uma ideia de como poupar US$ 1 para cada fax enviado do escritório. É o tipo de resposta que é bom de ouvir.”
Julgamento_Nunca julgue o candidato antecipadamente. Dê chance para ele se sobressair, diz Mamin Ullah. Um entrevistado pode começar a entrevista com nervosismo, e terminar autoconfiante. Ou o contrário. “Desenvolva a memória, observando o candidato no pré e no pós-entrevista. Isso diz muito sobre ele”, conclui o professor indiano.

bomba.jpg

Imagem extraída de: https://alghad.com/, por Ahmad.abushreaa

– O garoto Bruninho: que tristeza…

É o “fim do mundo”! Viram o que aconteceu com o garoto Bruninho, santista de 9 anos?

O menino, domingo, pediu a camisa para o goleiro palmeirense Jaílson, que ele admirava. Os insensíveis adultos que estavam na arquibancada quase bateram no pequeno.

Não é que o menino teve que gravar um vídeo e pedir desculpas “à torcida que se sentiu ofendida”?

Não quero postar o vídeo dele aqui. Foi constrangedor e triste! 

Aliás, não é crime um adulto ameaçar bater em um menor? 

Chega de idiotice e fanatismo é só uma pobre criança!

O Santos está tentando contornar a situação, segundo o Lance.com. Veja em: https://www.lance.com.br/santos/convida-garoto-bruninho-para-acompanhar-jogo-contra-red-bull-bragantino.html

Bruninho, torcedor santista que teve que pedir desculpar por ter sido presenteado por Jailson - Reprodução

Imagem extraída de: https://www.uol.com.br/esporte/colunas/milton-neves/2021/11/09/caso-bruninho-o-brasileiro-e-um-grande-idiota-quando-o-assunto-e-futebol.htm (reprodução uol).

– Cantando, caminhando e santificando.

Ditos de alguém que passou por um pouco de tudo na vida:
“Como costuma cantar o caminhante: canta mas segue adiante; alivia o trabalho cantando. Abandona a preguiça. Tu, se progrides, caminhas. Mas progride no bem, progride na fé, sem desvios, progride na vida santa. Canta e caminha”.
Santo Agostinho

bomba.jpg

Extraído de: https://www.santeiro.com.br/santinho-santo-agostinho.html

– Pitangas.

Uma pitanga solitária fazendo graça no seu galho.

A natureza tem seus detalhes tão singelos… essa pitangueira fez pose com seu fruto!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#natureza #paisagem #landscapes #inspiration #nature #fotografia #pitanga #pitangueira #folhas

– Dualidade Extremista Política? Isso é ruim para a democracia…

Nunca tivemos uma dualidade política tão tomada pelo fanatismo no Brasil quanto agora. A Direita e a Esquerda radicais obrigam a pessoa responder “na lata”: Bolsonaro ou Lula?

Se você critica um, automaticamente te rotulam como “simpático a outro”. Nada disso, existem inúmeras outras correntes e formas de se pensar e viver sem extremismo ou, por incrível que possa parecer, com maior ainda em alguns casos.

O certo é: não se rotule o próximo e respeite quem pensa diferente de você. O grande problema em nosso país tem sido a discordância de opiniões (que deve ser válida) baseada no ódio (ao invés do respeito).

Resultado de imagem para Extrema Direita ou Extrema Esquerda

– VAR: quando não usa, erra. Quando usa, erra também!

O VAR é uma ótima ferramenta criada para ajudar o árbitro de futebol. Inicialmente, seria apenas um acessório para o árbitro (assim como o rádio-comunicador é, as bandeiras eletrônicas são ou o relógio com sensor para se conectar com a bola com chip é). 

No mundo, a experiência tem dado certo. Um ou outro país teve problemas na adaptação ao uso, mas, enfim, vingou a ideia e seu uso é incontestável.

No Brasil, vivemos com um projeto amador, com pessoas questionadas que comandam o futebol e que há décadas militam na arbitragem – sempre criticadas quanto a competência

A falta do VAR prejudica o espetáculo, pois os árbitros têm muitas deficiências. Vide as queixas (com razão) do Guarani contra o Vila Nova, onde o sistema ficou inoperante e o Bugre foi prejudicado por erros.

O uso do VAR tem prejudicado também, pois os árbitros de vídeo são igualmente deficientes. Vide as queixas de Chapecoense x Flamengo (ou de Vasco x Botafogo, ou de Santos x Palmeiras, ou de Bahia x São Paulo, ou de, de, e de… inúmeros outros jogos).

A verdade é: o VAR, que era para ser mais um assistente, ganhou demasiada importância. Antes, recebia a taxa de um bandeira. Hoje, quase a de um árbitro. E isso tem sido maxi-dimensionado na América do Sul; veja Julio Bascunãn, que será o VAR da final da Libertadores da América: virou estrela, receberá (pasmem) US$ 16 mil dólares! (Amanhã falaremos das escalas para as finais e das taxas da Libertadores e Sulamericana).

Em tempo: um árbitro do Brasileirão da Série A recebe R$ 3.780,00 e seu VAR R$ 2.100,00; se forem do quadro da FIFA, recebem R$ 5,75 mil e R$ 3,15 mil, respectivamente.

Já falamos sobre o excesso de pessoas trabalhando no VAR (3 na Inglaterra, e em alguns jogos brasileiros, 9 pessoas). Aqui: https://professorrafaelporcari.com/2019/09/09/o-que-acontece-com-o-var-no-brasil/

Também abordamos que não adianta ter competência tecnológica sem a habilidade humana, em: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2019/05/26/e-o-var-jose/

Citamos como a CBF avalia os árbitros, com um nababesco sistema chamado RADAR, onde ela teve a cara-de-pau em oferecê-lo para a FIFA! Em: https://professorrafaelporcari.com/2021/10/18/o-radar-da-cbf-e-uma-falacia/

Por fim, recordamos que desde 2015 a CBF prometeu o VAR (sabendo que não ía conseguir operá-lo), postergando-o para anos seguintes, sem se preparar adequadamente. Aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2017/02/18/comprovada-a-mentira-do-var-que-ha-1-ano-a-cbf-disseminou/

Diante de tudo isso, fica a nova indignação com a indagação: está valendo a pena? Se não está, o que mudar? Opte:

  1. Os árbitros de campo?
  2. Os árbitros de vídeo?
  3. Os escaladores de árbitros?
  4. Os desenvolvedores de novos talentos dos árbitros?
  5. O chefe do VAR?
  6. O sistema VAR em si?
  7. Todas as anteriores?
  8. Uma outra ideia?

Deixe seu comentário:

 

shutterstock-509017405.jpg

Imagem extraída de: https://br.mundopsicologos.com/artigos/a-relacao-entre-amor-e-odio-duas-faces-de-uma-mesma-moeda

– A prostituição como… opção?

Uma interessante matéria publicada há algum tempo no Blog 7 por 7 retrata o dia-a-dia de jovens garotas que, para terminarem a faculdade / sentirem prazer / viver no luxo e/ou outros objetivos, tornam-se acompanhantes de luxo. Como funciona essa relação, o propósito final e as dificuldades e prazeres. Artigo delicado, mas pertinente à reflexão:

Extraído de: http://colunas.epoca.globo.com/mulher7por7/2009/07/10/no-colo-do-papaizinho

NO COLO DO PAPAIZINHO

Elas são jovens, bonitas, ambiciosas, estudantes, aspirantes a atrizes. Procuram o generoso benfeitor que cuide delas e, talvez – só talvez -, lhes dê algum apoio financeiro.

Eles são ricos e bem sucedidos, solteiros ou casados, e não têm tempo para “joguinhos”. Procuram alguém especial para orientar ou “estragar”. Pode ser um amor secreto, uma aprendiz ou uma “secretária pessoal”.

O ponto de encontro dessas duas tribos são sites como Sugardaddie.com ou SeekingArrengement.com, espaços de relacionamento onde milhares de jovens mulheres oferecem companhia para homens experientes em troca de compras num shopping caro, ajuda na mensalidade da faculdade ou uma viagem de sonho. Sexo? Pode até acontecer. Mas não se trata de uma compra de serviços sexuais. Elas não são garotas de programa profissionais – e é justamente o que eles não querem. Algumas oferecem o serviço uma só vez – para resolver um determinado problema. Outras acreditam que ganham experiência de vida, conhecem lugares incríveis e muitas pessoas influentes.

Na matéria do Times On Line que li sobre isso, a estudante Amy, 25 anos, que tem  perfil em um destes sites, explica seus objetivos: “Não quero dinheiro. O que eu adoro é o estilo de vida que estes homens podem me proporcionar. Fora conhecer gente diferente do que estou acostumada. Já conheci um homem que pilota seu próprio avião. Outro coleciona carros antigos e participa de corridas por todo o país”, afirma. Amy já encontrou-se duas vezes com um executivo de 47 anos, divorciado. “Ele se separou há pouco tempo e não quer um compromisso sério. Mas também não quer ficar sozinho. E quer alguém com quem gastar seu imenso poder financeiro. Às vezes ele me leva ao shopping e compra coisas pra mim. Já me convidou para uma viagem de trabalho de dois dias, num lugar incrível. Flertamos e dormimos na mesma cama. Mas não fizemos sexo”, garante a estudante, que se diz aliviada por não estar “vendendo seu corpo”.

Difícil de acreditar, não? Mas e se for verdade? “É menos invasivo vender a alma?”, questiona a matéria. Esses sites apenas formalizam – e facilitam – o que já existe na sociedade: o conceito do homem rico e mais velho provendo bens materiais para belas mulheres mais jovens, seja namorado, “ficante”, cliente ou apenas o tradicional “senhor que me ajuda”. Nesses sites de relacionamento, há espaço também para sugar mammies que queiram encontrar jovens rapazes ávidos por novas experiências. Mas ainda são minoria – por enquanto.

O site menciona também o filme The Girlfriend Experience, de Steven Soderbergh, lançado em Cannes mas ainda sem data de estreia no Brasil. O longa conta a história de uma garota que faz programas com homens ricos, mostrando como ela concilia esta “atividade” com sua vida particular. Seu namorado, um personal trainer, sabe o que ela faz e acredita que seja apenas mais uma forma de se sustentar e ter belas experiências. A protagonista é vivida por Sasha Grey, de 21 anos, famosa atriz pornô, e o elenco é de não-atores. O trailer, abaixo [não disponível], mostra como ela (que na primeira cena faz certamente uma referência à Bonequinha de Luxo de Audrey Hepburn) fatura US$ 2.000 a hora, enquanto o namorado ganha US$ 125. Essa facilidade é, certamente, o combustível para que tantas garotas busquem essa experiência.

Resultado de imagem para PROSTITUIÇÃO FACULDADE

FOTO: Imagem: Divulgação/Arte UOL – Matéria de Beatriz Santos e Carolina Prado. No clique: Vanessa de Oliveira, no UOL, onde declarou: Fui prostituta e não me arrependo. Hoje sou uma empreendedora de sucesso. Sua história em: https://universa.uol.com.br/noticias/redacao/2018/07/14/fui-prostituta-e-hoje-sou-uma-empresaria-de-sucesso.htm 

– Um amanhecer espetacular, com sol e nuvens.

Um amanhecer espetacular na cidade de Bragança Paulista.

Esse registro foi às 08h, no Lago do Taboão. Tem como não admirar?

Viva a natureza e sua beleza.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #nuvens #clouds

– Oração à Nossa Senhora da Santa Cabeça por Equilíbrio Emocional.

Sou devoto dela!

Para quem sofre com os males da mente, atormentando o corpo e o espírito, compartilho a oração à Nossa Senhora da Santa Cabeça, visando o Equilíbrio Emocional!

Abaixo: 

bomba.jpg

– Em preto e branco (com um pouco de vermelho) também ela é bonita.

Flores do nosso jardim (em preto e branco – com um pouco de vermelho), para alegrar e embelezar nosso dia. 

Jardinagem é um ótimo passatempo!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Xavi fez bem ou não em não aceitar a Seleção Brasileira?

Já falamos em outra oportunidade que, na Europa, dirigir Seleções Nacionais é um projeto próximo da aposentadoria dos treinadores. No Brasil, para muitos, é o auge da carreira.

Xavi Hernández, que estava no Oriente Médio, confirmou que foi convidado para ser assistente de Tite na Seleção Brasileira, e depois da Copa de 2022, assumir a Canarinho como treinador principal. A recusou na época com o intuito de, mais pra frente, ser o técnico do Barcelona (seu time do coração).

Pois bem: o Barça chamou Xavi antes do previsto, mas fica a dúvida: a recusa foi por um “projeto de carreira”, por “afinidade ao time catalão” ou houve um certo “medo” por tudo o que se fala da CBF mundo afora (e que presenciamos in loco)?

Deixe seu comentário:

Xavi Hernandez - Monterrey x Al-Sadd

Imagem extraída de https://www.lance.com.br/futebol-internacional/barcelona-anuncia-contratacao-xavi-como-seu-novo-treinador.html (Foto: Karim Jaafar / AFP).

– Brilhe, sol, mesmo no escuro.

Como o dia começou a fechar e o céu está ficando mais carrancudo, vale um clique de um amanhecer mais colorido!

Olhe só o sol nascendo na divisa entre Jundiaí e Itupeva, há 1 ano:

Que maravilha!

bomba.jpg

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Saneamento Básico? Esqueça…

Puxa, leio numa edição antiga de Veja (25/05/2011, O Brasil na Fossa, por Marcelo Sperandio), como algumas capitais do Norte e do Nordeste tratam o esgoto. Assustador! Será que os números mudaram muito?

Veja o percentual de residências atendidas por rede de esgoto e saneamento básico em geral:

Rio Branco – AC : 19%

Teresina – PI : 15%

Manaus – AM : 11%

Macapá – AP : 7%

Belém – PA : 6%

Porto Velho – RO : 2%

Incrível, não? É que esgoto não dá voto para os políticos…

You are currently viewing Saneamento básico em foco

Imagem-arte extraída de: https://cfa.org.br/saneamento-basico-em-foco/

– Atenção Administradores: cuidado com a Síndrome do Esgotamento Profissional (Burnout)

Cansaço ou estresse, indisposição e desmotivação no ambiente de trabalho. Se estiver percebendo os sintomas descritos nessa matéria, atenção: repense seus hábitos profissionais!

Extraído de: http://vilamulher.terra.com.br/dinheiro/materia/carreira/276-sindrome-do-esgotamento-profissional.html

SÍNDROME DO ESGOTAMENTO PROFISSIONAL

por Juliana Lopes

Estafa profissional, muita gente já passou por isso no ambiente de trabalho. Geralmente tudo indica que a pessoa está com estresse ou depressão ocupacional por não dar conta de tantas tarefas.

Mas não confunda. Muitas vezes, a falta de vontade de ir ao trabalho, o cansaço ou até o mau humor podem ser indícios de outro mal, a Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional. Como o próprio nome diz, a palavra inglesa é a união de burn (queima) e out (exterior), identificada principalmente pelo comportamento agressivo.

Estresse pode acometer um indivíduo em qualquer lugar, no seu meio familiar, social e profissional, mas o burnout é um estresse que advém do próprio trabalho. É uma doença tipicamente laboral. A pessoa não consegue mais suportar trabalhar num determinado lugar, com determinadas pessoas, ou porque teve uma discussão com um chefe ou colega de trabalho ou por ter que cumprir metas muito altas em curto espaço de tempo ou por trabalhar em lugares perigosos ou insalubres”, explica a psicóloga Maria Fernanda Marcondes, que ministra palestras sobre o assunto em empresas.

O Isma-Br (International Stress Management Association) calcula que no Brasil 30% dos trabalhadores são portadores da síndrome. No consultório de Maria Fernanda há vários colaboradores de empresas que muitas vezes chegam por lá bastante estressados e muito próximos de estarem com a doença. “Quando o indivíduo não consegue mais ir ao trabalho, quando está exausto emocionalmente e se sente um fracassado profissionalmente, é sim necessária a terapia e a medicação”, alerta.

Para se ter uma idéia, em países como os Estados Unidos, a síndrome já é considerada como caso de saúde pública. Mas como muitos brasileiros a desconhecem, o afastamento do trabalho geralmente é justificado por outros motivos, como depressão, ansiedade e, principalmente, Síndrome do Pânico. “Esta muito comum vir o Burnout”, acrescenta.

Conforme a psicóloga, em muitos casos o próprio funcionário acaba pedindo demissão por não aguentar as pressões da rotina de trabalho. Para evitar situações como essa, ela afirma que o mais correto seria ter um psicólogo que monitorasse os colaboradores dentro das empresas.

Como isso ainda não acontece, o jeito é se prevenir. Quando possível evitar o excesso de trabalho e sempre ter hábitos saudáveis. E também controlá-la, caso a doença se instale”, completa.

bomba.jpg

Imagem extraída de: https://lifecheck.com.br/author/lifecheckadm/page/6/

– Bom dia, 3ª feira (4 de 4).

🌅 05h20 – Desperte, Bragança Paulista, com o clarão no céu.

Que a terça-feira possa valer a pena!

(E há de valer, creiamos nisso).

🍃🙌🏻 📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#clouds #nuvens #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia

– Bom dia, 3ª feira (3 de 4).

🌺 Fim de cooper! Valeu o treino (além do esforço).

Estou suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da natureza. Hoje, com essas delicadas plantas: mini-rosas.

Curta flores! Elas nos desestressam e aliviam a mente.

🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento

– Bom dia, 3ª feira (2 de 4).

🙏🏻 Enquanto vou correndo, fico meditando e faço uma prece:

“- Ó Virgem Maria, carinhosamente chamada de Nossa Senhora Aparecida (a nossa Padroeira), rogai por nós que recorremos a vós – em especial pelos que estão fraquejando. Amém.”

Reze, e se o que você pediu for para seu bem, Deus atenderá.

⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade

– Bom dia, 3ª feira (1 de 4).

👊🏻 Olá amigos! Tudo bem? Cá estamos para mais um dia de vida.

Por aqui, tudo pronto para suar mais uma vez em busca de saúde. Vamos correr a fim de produzir e curtir a tão necessária endorfina (controlando o cortisol)?

Pratique esportes. Sempre!

🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running