– Zagallo, o injustiçado

Vejo uma foto no site da CBF onde se mostra Zagallo recebendo uma camisa 13 (seu número da sorte, como costuma contar) do atual treinador Tite.

Se tivesse nascido em outro país, Zagallo teria uma estátua na entrada da CBF. Jogador, treinador, técnico e coordenador das Seleções Brasileiras que ganharam as 4 primeiras Copas do Mundo. Só não foi em 2002, mas vice em 98.

O problema é que o ar folclórico, o excesso de otimismo e algumas rusgas do “Velho Lobo” fazem as gerações mais novas o desrespeitarem. Lembram do: “Vocês vão ter que me engolir”, após vencer a Copa América, às vésperas da Copa da França?

Mário Jorge Lobo Zagallo: uma figura mítica (e por quê não: mística também) da Seleção Brasileira.

Eu o respeito demais, não só pelos seus cabelos brancos, mas pelo seu passado. Aliás, me choca um pouco vê-lo tão debilitado pela avançada idade.

Dd-qTsEVAAAlOFS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.