– Análise da Arbitragem de Paulista Futebol Clube 2×0 Associação Atlética Flamengo

Parece-me que tivemos dois árbitros no Jayme Cintra nessa manhã de domingo: um excelente Danilo da Silva no 1º tempo e um regular / ruim Danilo da Silva no 2º tempo. Vamos aos lances?

Logo aos 50 segundos, bem atento, permitiu uma cobrança rápida de falta quando o atacante abriu mão da distância regulamentar. Correto. Assim como foi bem correto tecnicamente em todas as marcações e/ou não marcações de faltas nesse período. Corretíssimo também (aí nos dois tempos disciplinarmente) com os cartões amarelos a Zulu (PFC), Wallace (PFC) e Brendo (AAF). Arbitragem irrepreensível nos primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, a qualidade técnica do árbitro caiu bastante. Talvez até pelo nível da partida no tempo final. Por exemplo:

1. Jonathan (PFC) sofreu a falta aos 49m de Andrey (AAF), lado cego do árbitro mas o bandeira inverteu.

2. Errou na interpretação de Bola na mão e Mão na bola aos 50 minutos, a favor do Paulista; e aos 63 minutos a favor do Flamengo.

3. Aos 70 minutos, Ian (AAF) toca no calcanhar de Quadrado (PFC), que sofre o pênalti mas Danilo não marca.

4. Correta vantagem ao AAF após Carlinhos (PFC) cometer falta dura em Bruno Santos. Mas faltou o cartão amarelo ao jogador do time jundiaiense após a saída da bola.

Independente desses dois tempos bem distintos, não gostei do posicionamento do árbitro nas cobranças de falta. Muito próximo aos atletas, querendo ver demais a área e deixando as zonas periféricas para os demais integrantes da arbitragem. Sei que é uma orientação, mas difícil de ser bem aplicada. Aos 37m, por exemplo, em uma falta para o Flamengo, ficou entre o batedor e seu companheiro próximo que poderia receber a bola. Um equívoco total (aí não é questão da má orientação, é erro de noção do espaço mesmo).

Os dois bandeiras (Osvaldo Apipe e Risser Jarussi) trabalharam bastante, tanto em impedimentos quanto em cobranças de faltas. Luciano Zacharias corroborou para o trabalho em equipe do quarteto ser muito bom.

No placar de faltas, PFC  26 x 14 AAF , mas com a curiosidade: 18 delas por parte do Paulista foram cometidas por jogadores de frente: Wallace (5), Rafael Sena (4), Quadrado (5) e o substituto Jonathan Brito (4).

Público pagante: 529 torcedores, para uma renda bruta de R$ 7.240,00, sobrando líquido R$ 4.257,00.

31947813_2138609142846403_4004021551329443840_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.