– Um Brasil Melhor:

Ninguém quer violência. Precisamos, para melhor o Brasil, de Educação!

Confira na imagem:

– Parquímetro e flanelinha: tudo junto e misturado?

Está regulamentada a profissão de “flanelinha” em Jundiaí?

Dias atrás, fui estacionar na Rua Anchieta, achei uma vaga e… veja só que curiosa situação aconteceu comigo, abaixo!

Eu tinha as seguintes opções: pagar um estacionamento particular (e ali o preço é alto), estacionar na rua e pagar com o aplicativo sugerido no smartphone ou, com algumas moedas, usar o parquímetro.

Pois bem: havia um parquímetro na esquina, bem próximo de onde parei o carro. Ali estava um funcionário da empresa que faz a gestão do rotativo. Como eu não tinha moedas para a máquina, achei que ele poderia me ajudar trocando uma nota, mas não tinha também (embora ele tenha dito que sempre tem).

Usei então o aplicativo, fazendo o pagamento via cartão de crédito (na verdade, você faz um depósito para a Digipare e usa como pré-pago) e fiquei mais tranquilo para não ser multado. Eis que ao lado do equipamento, o funcionário-responsável estava batendo papo com um “guardador autônomo de carros”, que me disse: “vou tomar conta pro senhor, tio”!

Quer dizer que tenho que pagar para estacionar o carro na rua e fico com dois valores a menos: o do estacionamento rotativo e o do flanelinha?

E se você não der a “gorjeta obrigatória a ele”?

Se o meu veículo for roubado, aciono a empresa de estacionamento rotativo (afinal, eu paguei para estacionar, algo devo receber em troca) ou aciono o flanelinha (serviço independente de vigilância automobilística urbana)? Ou, ainda, reclamar ao bispo Dom Vicente Costa (já que no Centro está cheio de flanelinha e parquímetro, só resta reclamar ao bispo, como diz o ditado popular).

Que dureza. Aliás, cadê a fiscalização? Nessa hora, não passa ninguém da Setransp (ou o nome atual desse departamento). Mas será que adiantaria?

É desagradável você pagar o parquímetro e o flanelinha simultaneamente. Mais chato ainda ver que a relação entre fiscais da empresa e dos “vigias autômatos” é muito boa.

bomba.jpg

– Análise da Arbitragem de Paulista 0x1 São Bernardo, Copa São Paulo de Futebol Jr

Má arbitragem no Jayme Cintra. Enquanto os bandeiras e 4º árbitro não apareceram, o juizão se destacou negativamente.

FISICAMENTE: se posiciona mal, embora corra bastante. Aos 2m e aos 8m, a bola bateu no árbitro, atrapalhando o jogo. No primeiro lance, não deu bola ao chão. No segundo lance, deu. Se posicionou nos lances de área muito em cima da bola.

TECNICAMENTE: foi bem em dois lances importantes: aos 20m, a não marcação do pênalti no chute que Bruninho (PFC) deu, atingindo o corpo (e não o braço ) de Guilherme. E aos 44m, no lance de Enzo (PFC) na bola que bate involuntariamente na mão de Gabriel Lopes.

DISCIPLINARMENTE: péssimo. Na aplicação dos cartões, errou ao não dar amarelo no começo do jogo a Matheus Hilário (PFC) por uma pernada no adversário no começo do jogo; idem a Ítalo (SBFC), por uma entrada mais forte no oponente. Errou também a aplicar Amarelo a Matheus Fogaça (PFC). Acertou nos Cartões aplicados a Bruninho e Rafael (Paulista) e a Orlando e Jonas (São Bernardo).

Faltou muita autoridade ao árbitro Martinho Menk em jogo fácil (não foi uma partida violenta e com reclamações). Entre os 20m e 30 minutos do 2º tempo, existiram 6 quedas de jogadores do São Bernardo para atendimento médico. Os atletas perceberam que o árbitro permitia cera e abusaram, incluindo nos momentos seguintes.

Sobre o jogo: o time do ABC nitidamente é melhor qualificado, mas o Paulista fez um bom jogo. Sentiu o gol e se desmontou ao longo do 2o tempo. Bruninho (PFC) foi uma grata surpresa, mas os erros coletivos (especialmente no gol) foram preponderantes.

– Mexe o saco, ô!

Resultado da Mega-Sena 2441: sorteadas as dezenas 09 – 41 – 42 – 46 -47 – 54.

Cá entre nós: o difícil não é acertar os 6 números, mas fazer sair 4 na casa dos 40, sendo 2 pares sequenciais.

Será que esqueceram de girar o globinho?

Após Mega da Virada, quando os sorteios da Mega-Sena voltam a acontecer?

Imagem extraída de fdr, crédito do link: https://fdr.com.br/2022/01/03/apos-mega-da-virada-quando-os-sorteios-da-mega-sena-voltam-acontecer/

– Mascarando problemas profissionais com a Empatia!

Compartilho ótimo artigo do professor José Renato Sátiro Santiago a respeito dos delicados cuidados com a EMPATIA no mundo organizacional. Vale a pena dar uma conferida! Abaixo:

Extraído de: http://fb.me/2CISbo93z

EMPATIA, TOME CUIDADO! ELA TAMBÉM PODE ESCONDER SÉRIOS PROBLEMAS E DEFEITOS

Quantas vezes – creio que muitas – usamos a palavra empatia para qualificar pessoas que demonstram de uma forma natural algo bom, positivo e até amigo. Pois bem, não há duvida que a empatia é algo positivo.

Muitas vezes, quando não achamos palavras para qualificar alguém, costumamos falar: “Fulano tem uma empatia… fora do comum.”. Algo que, às vezes, procuramos ter também principalmente em nossas primeiras impressões, quer sejam com amigos ou, até mesmo, desconhecidos.

Costumamos gostar, facilmente, de pessoas que têm empatia, mostrar certa proximidade ou até certa dose de alinhamento com as nossas crenças. E normalmente isto ocorre de forma rápida, quase imediata, uma vez que a empatia é algo que “ou o sicrano tem ou não tem…”, isto é, acredita-se que seja algo difícil de desenvolver como se fosse alguma coisa que já viesse naturalmente com a pessoa.

Pois bem, infelizmente esta empatia, muitas vezes, por não ser algo construído sob os fortes alicerces da confiança e dos valores pode esconder sérios problemas, muitos defeitos, até mesmo destrutivos.

Gostamos de pessoas que tem empatia. No entanto, precisamos fundamentar esta empatia em fatos e ações que estas pessoas costumam tomar, em seus valores, nas suas atitudes, nas suas formas de agir.

Ter um pé atrás talvez não seja o termo mais adequado, mas sim, estabelecermos motivos e razões que possam transformar esta empatia em algo muito mais importante: confiança. Esta sim, coisa de grande valor em que podemos suportar e mais, algo com que realmente podemos qualificar uma pessoa. E que ela, certamente, irá apreciar muita mais ser confiável a ter empatia, simplesmente.

5 passos fundamentais para desenvolver empatia em vendas

Imagem extraída de: https://crono.news/Y:2021/M:03/D:25/h:11/m:00/s:03/be-kind-la-rivoluzione-del-xxi-secolo-e-interessarsi-alla-vita-degli-altri/

– Red Flower.

A perfeição das flores para embelezar nossa tela!

Como uma simples e frágil roseira pode produzir tão belo botão de rosa?

Esse vermelho tão vibrante nos inspira e obriga-nos a agradecer a natureza.

Olhe só, que incrível flor:

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Amor não se divide, mas se multiplica!

Tal inspirada reflexão cristã precisa ser compartilhada. Abaixo, extraída de: https://oracaoereflexao.wordpress.com/2021/01/05/quanto-mais-amor-nos-partilharmos-mais-amor-nos-teremos-para-oferecer-2/

QUANTO MAIS AMOR NÓS PARTILHAMOS, MAIS AMOR TEREMOS PARA OFERECER

Mc 6,34-44
Naquele tempo, Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor. Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas. Quando estava ficando tarde, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram: “Este lugar é deserto e já é tarde. Despede o povo para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar alguma coisa para comer”. Mas Jesus respondeu: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Os discípulos perguntaram: “Queres que gastemos duzentos denários para comprar pão e dar-lhes de comer?” Jesus perguntou: “Quantos pães tendes? Ide ver”. Eles foram e responderam: “Cinco pães e dois peixes”. Então Jesus mandou que todos se sentassem na grama verde, formando grupos. E todos se sentaram, formando grupos de cem e de cinquenta pessoas. Depois Jesus pegou os cinco pães e dois peixes, ergueu os olhos para o céu, pronunciou a bênção, partiu os pães e ia dando aos discípulos, para que os distribuíssem. Dividiu entre todos também os dois peixes. Todos comeram, ficaram satisfeitos, e recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e também dos peixes. O número dos que comeram os pães era de cinco mil homens.

Reflexão: Neste Evangelho Jesus nos ensina a confiar na providência de Deus colocando tudo o que temos sob as bênçãos do Pai na certeza de que Ele proverá todas as nossas necessidades. Ao mesmo tempo Ele também nos instrui a partilhar tudo aquilo de que dispomos para viver, com o nosso próximo, principalmente, com as pessoas com as quais nós dividimos espaço físico, anseios, dificuldades, carências e muitas outras realidades. Diante da proposta dos Seus discípulos para despedir a multidão faminta Jesus lhes sugeriu que eles mesmos providenciassem o que lhes faltava. Assim, Jesus nos orienta como agir em relação àquelas pessoas que, em muitas ocasiões se constituem para nós um encargo ou até uma carga pesada, pois esperam algo de nós que entendemos não ter capacidade para dar. São pessoas que convivem conosco nas horas da alegria e da bonança, mas que também “quando está ficando tarde da noite”, isto é, nas horas tormentosas de escuridão sentem fome de amor e acreditam que nós podemos saciá-las. Nós, como os discípulos, temos a tentação de despedi-las para que busquem refrigério para as suas lamúrias em “outras paragens”. No entanto, Jesus nos ordena: “Dá-lhe vós mesmos de comer!” Diante das palavras de Jesus nós também nos assustamos: “queres que gastemos duzentos denários para comprar pão e dar-lhes de comer?” Por causa da nossa humanidade desconfiada nós demoramos a perceber qual é a verdadeira dimensão das palavras de Jesus. Custamos a entender que o que é essencial é invisível aos nossos “olhos” humanos. Colocamos as coisas materiais bem à vista, na prateleira e só conseguimos enxergar o ônus que nos caberá em proporção à nossa “boa ação”. Porém, Jesus insiste: “Quantos pães tendes? Ide ver!” Precisamos fazer esta descoberta! Necessitamos neste começo de ano fazer um balanço do que é que possuímos para atender à necessidade da multidão que o Senhor colocou ao nosso lado, dentro da nossa casa. Não é lá longe, na África ou na Nigéria. É no meio da nossa família, junto das pessoas que mais necessitam do nosso amor. Fazei sentar as pessoas, diz o Senhor! Coloquem-se à disposição uns dos outros! Esta é a ordem de Jesus para nós neste ano! Não podemos desperdiçar o que possuímos: amor, alegria, paz, saúde, inteligência! Casa, pão, abrigo! Amor de Deus ecoa dentro de nós! A nossa família precisa de Deus! A nossa família precisa vivenciar o Amor mútuo. Quanto mais amor nós partilharmos mais amor nós teremos para oferecer, pois a bênção de Deus multiplica o “nosso pão”! É uma fonte inesgotável. Coloquemos, pois, os nossos pães e nossos peixes sob as bênçãos do céu e sejamos agradecidos ao Senhor que nos oferece gratuitamente o alimento da nossa alma que revigora o nosso corpo e fortalece a unidade da nossa família, dos nossos queridos e amados por Deus. Feliz Ano Novo significa feliz partilha e alegre comunhão! Reflita – A sua família está bem alimentada? – Dentro da sua casa há alguém que tem fome do amor de Deus? – Você tem consciência dos pães e dos peixes que você possui? – Você é uma pessoa que sabe viver em grupo? – Você sabe partilhar o que tem? – Quais são os seus propósitos para o ano de 2021? – Você quer seguir os conselhos de Jesus? – Seja feliz, partilhe amor!

Fonte: http://blogs.diariodonordeste.com.br/egidio/evangelho-de-hoje-mc-634-44/

fonte: http://kronosekairos.blogspot.com/2012/01/o-amor-sempre-foi-mensagem-principal.html

ORAÇÃO

Pai Santo, nós te damos graças pelo pão que alimenta o nosso corpo, os nossos sentimentos, a nossa inteligência e o nosso Espírito. E te pedimos, Pai amado, grandeza de alma para partilharmos esse mesmo pão que recebemos de tua misericórdia com os irmãos da caminhada. Pelo Cristo Jesus, teu Filho e nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Fonte: http://www.cristominhacerteza.com/2014/01/homilia-diaria-comentario-e-reflexao-do_7.html

– Mais água…

O sol à espera de mais chuva à tarde…

Já tivemos bastante água por hoje, não?

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#sun #clouds #paisagem #landscapes #inspiration #natureza #sol #photography #nuvens

– Depois dos festejos de Final de Ano…

… me sinto um atleta!

Aqui um retrato fiel do “Antes e Depois” das comidas de Natal e de Ano Novo. Mais ou menos como esse meme (abaixo) do R9 (na estreia da Seleção Brasileira como Ronaldinho e na despedida como Ronaldo Nazário).

Assim estou neste dia 04! Literalmente, como atleta. A evolução da barriga / pança difere apenas do período de relaxamento alimentar…

Imagem extraída de: https://twitter.com/williangameryt

– Você é Criativo?

“Ser criativo não é só ter ideias originais – é pensar em como torná-las realidade”.

Abaixo a matéria, extraída da Revista Época, Ed 0208, pg 90-94 (citação dos autores abaixo), de excelente conteúdo a respeito do “quanto somos criativos?”

Caso deseje fazer um teste para saber o quanto você é criativo, entre no link:

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI159267-15228,00-PROCURAMSE+CRIATIVOS.html e clique na lâmpada que pedirá para iniciar o exercício.

PROCURAM-SE CRIATIVOS

A criatividade se tornou a qualidade mais desejada no mercado de trabalho. O que fazer para aumentar a sua

POR Francine Lima, Nelito Fernandes e Anna Carolina Lementy

Lembre-se da última boa ideia que lhe ocorreu. Ela pareceu vir do nada, durante o banho? Você deixou que ela escorresse pelo ralo e não pensou mais nela? Ou anotou, contou aos amigos e imaginou como aplicá-la em sua vida? Se você é alguém que tem ideias originais, do tipo que assustam um pouco sua família, e gosta de tentar colocá-las em prática, chegou sua hora: esses pensamentos borbulhando em sua cachola podem valer um emprego novo, um aumento ou mais negócios. Se você não se acha dos mais criativos, ânimo. Nas próximas páginas, vamos lhe dar boas razões para acender as lâmpadas aí dentro e mostrar como fazer isso. O motivo vem de pesquisas recentes feitas com os maiores contratadores do mundo.

Uma dessas pesquisas, feita pela prestadora de serviços tecnológicos IBM com os principais executivos de 1.500 empresas, de vários países, revelou que eles consideram a criatividade o fator crucial para o sucesso atualmente. Para que suas empresas consigam driblar as dificuldades e aproveitar as oportunidades, precisam de gente com ideias novas. Outra pesquisa, feita pela consultoria de administração de pessoal Korn/Ferry, com 365 dirigentes de grandes empresas só na América Latina, chegou à mesma conclusão: a habilidade de criar o novo e o diferente é a mais desejada por mais da metade dos dirigentes (56%). Ficou à frente de capacidades fundamentais, como saber tomar decisões complexas e conduzir equipes rumo a resultados. A essa altura, seria razoável perguntar por que as companhias simplesmente não treinam seus funcionários e fornecedores para ser mais criativos ou não saem por aí oferecendo aos criativos mais dinheiro. A resposta: elas tentam, mas chegaram à conclusão de que treinar ou encontrar gente criativa não é tão simples.

Os dirigentes entrevistados pela Korn/Ferry consideram a criatividade a habilidade mais rara de encontrar e também a mais dura de ensinar dentro dos ambientes de trabalho tradicionais (embora seja possível aumentar essa capacidade com o ambiente e os métodos certos, como veremos adiante). Além disso, há indícios de que as pessoas altamente criativas estejam ficando mais raras. Uma pesquisa nos Estados Unidos mostrou que, ao contrário dos quocientes populacionais de inteligência (Q.I.), que crescem a cada geração, a criatividade vem caindo. O fenômeno foi observado pelo pesquisador Kyung Hee Kim, do College of William & Mary (uma importante universidade pública nos EUA). Ele avaliou testes de criatividade feitos desde 1958 e aplicou um deles há dois meses a 300 mil americanos, adultos e crianças. Segundo o cientista, as notas vinham subindo até 1990. De lá para cá caíram, especialmente entre crianças pequenas.

Se você acha que já tem o perfil ou quer passar a se encaixar nele, ainda há um ponto que precisa saber antes de começar a ajeitar o currículo. “Criar”, tanto para os altos executivos entrevistados quanto para os cientistas que estudam o funcionamento do cérebro, é um conceito mais profundo do que “ter ideias diferentes”. Está mais para “ter ideias diferentes e utilizáveis, e ter o impulso de realizá-las”. “Criativo”, por essa visão, não é aquele sujeito maluquinho, cheio de pensamentos vibrantes e caóticos, mas pouco prático. O verdadeiro criativo trabalha. Ele pensa em como implementar as ideias e conhece os limites do mundo real, como escassez de material, dinheiro ou tempo – mesmo que seja para chutá-los para o alto.

Outras qualidades profissionais seguem em alta: ética, comunicação fluida, capacidade de análise, poder de inspirar equipes. Por que a criatividade se tornou mais desejada que todas? Nos países ricos, há o cenário do momento: uma crise que ameaça destruir as empresas menos espertas e pouco flexíveis. Pensando no planeta, incluindo o Brasil, sabemos que o mundo ficou, a um só tempo, menos previsível para quem vende e mais generoso para quem compra. Há abundância de oferta de produtos e serviços, que tendem a se tornar mais baratos. Mais empresas competem com maior eficiência por consumidores mais exigentes. As companhias precisam cortar custos e oferecer novidades de forma acelerada. O jeito velho de trabalhar não produz novidades na velocidade desejada. Vai se destacar quem conseguir criar mais e criar bem.

Um exemplo é a arquiteta Sarah Torquato, mineira de 25 anos. Em quatro anos, ela passou de estagiária a coordenadora de lançamentos na construtora MRV. Desde que começou a estagiar, Sarah depositou no banco de ideias da empresa 40 sugestões de como substituir materiais de construção por alternativas mais baratas, das quais 15 foram adotadas. Ninguém contribuiu tanto. Suas recompensas pelas ideias chegaram a R$ 40 mil, dinheiro com que deu entrada num apartamento aos 24 anos. Como uma pessoa tão jovem pode ser tão produtiva? Sarah diz que muitas vezes acordava de madrugada com uma inspiração, anotava a ideia num caderninho e voltava a dormir (leia dicas para aumentar a criatividade). “Fico ligada em tudo, o tempo todo”, diz.

Alguns amigos a criticaram pela quantidade de sugestões. “Muita gente dizia: pare de dar ideias, a MRV já está rica.” A empresa diz ter distribuído R$ 1 milhão em prêmios para os funcionários por ideias que lhe economizaram R$ 80 milhões. Há ingredientes parecidos nas histórias do engenheiro químico Marcos Aurélio Detilio, que ofereceu sugestões de economia de energia aos clientes da empresa de engenharia e tecnologia Chemtech, em que trabalha, e conseguiu três promoções em quatro anos; ou de Arnaldo Gunzi, de 31 anos, que adaptou modelos matemáticos para melhorar o deslocamento de técnicos de telefonia no Recife e ganhou a oportunidade de trabalhar na Austrália; ou da chefe de cozinha Carole Crema, de 37 anos, uma das responsáveis por iniciar no Brasil a moda dos cup cakes, os bolinhos confeitados feitos em formas individuais. Criatividade é essa capacidade de ver possibilidades que os outros não enxergam e contribuir com algo original e útil.

Como desenvolver a criatividade

Imagem extraída de: https://digilandia.io/gestao-e-lideranca/como-desenvolver-a-criatividade/

– E dá-lhe chuva!

Muita garoa entre Bragança Paulista e Jundiaí, com água em 100% do trecho. Mesmo assim, a beleza da paisagem permanece.

Viva o aguaceiro moderado!

💦 📸 ☔️ #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Reze sempre que puder.

A prece pura, a reza sincera, a conversa íntima com Deus sempre nos traz conforto.

O Santo Terço sempre será um instrumento eficaz da fé. Hoje, por exemplo, fiz minhas orações depois da minha atividade física (vide postagem anterior).

Acredite! Ele sempre nos ajuda.

#ConverseComDeus #RezeOsantoRosário

– Exercite-se!

A manhã / madrugada é sempre o melhor horário para a atividade física. Cabeça e mente relaxadas para suar e pensar na vida. Também para conversar com o Alto (vide o post mais à frente).

Controle os seus batimentos cardíacos, claro, pois monitorar o ritmo é importante. Abaixo, meu BPM (com um bug no início).

#AtividadeFísicaÉImportante #PratiqueEsporte

– É por conta da crise ou por má gestão?

Dias atrás, passei pelo Multi Modas Center, um centro de compras da cidade de Jundiaí muito conhecido, com lojas de bom preço e ótima qualidade.

Faz muito tempo que não andava por lá. E me assustei… um andar inteiro sem lojas, e o térreo, com apenas alguns estabelecimentos na entrada.

Triste e desolador. Impossível não lembrar dos tempos de movimento ali.

Olhe só que situação, na foto abaixo:

Inevitável perguntar: foi a crise ou há outros motivos também?

– Bom dia, 4a feira (post 4 de 4).

🌅 05h50 –Desperte, Bragança Paulista, ainda bem nublada.

Que a quarta-feira possa valer a pena!

(E há de valer, creiamos nisso).

🍃🙌🏻 📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#clouds #nuvens #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia

 

– Bom dia, 4a feira (post 3 de 4).

🌺 Fim de cooper! Valeu o treino (além do esforço).

Estou suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da natureza. Hoje, com essas delicadas plantas: zínias laranjas.

Curta flores! Elas nos desestressam e aliviam a mente.

🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento

– Bom dia, 4a feira (post 2 de 4).

🙏🏻 Enquanto vou correndo, fico meditando e faço uma prece:

“- Ó Virgem Maria, Rainha dos Anjos e Nossa Senhora, rogai por nós que recorremos a vós – especialmente pelos que buscam equilíbrio emocional. Amém.”

Reze, e se o que você pediu for para seu bem, Deus atenderá.

⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade

– Bom dia, 4a feira (post 1 de 4).

👊🏻 Olá amigos! Tudo bem? A chuva voltou e ainda assim vamos correr.

Não importa se está molhado. Por aqui, tudo pronto para suar mais uma vez em busca de saúde. Vamos correr a fim de produzir e curtir a tão necessária endorfina (controlando o cortisol)?

Pratique esportes. Sempre!

🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running #Adidas #Mizuno

– Fazer o que se gosta é muito bom!

Já estamos no Jayme Cintra.

Acompanhe Paulista x São Bernardo pela Rádio Difusora AM 840 ou nos Apps, com a narração de Rafael Mainini, comentários de Rafael Porcari e reportagens de Luiz Antonio “Cobrinha” de Oliveira. No comando: Adilson Freddo!

O jogo começará às 11h, mas desde às 10h30 o Time Forte do Esporte já estará no ar.