– Céu de entardecer dourado.

Dia de amenidades para mim hoje. Às 18h00 aqui no Litoral Paulista, mais um navio vai deixando o Porto de Santos para algum lugar desconhecido. Para onde?

Cruzando o Atlântico neste mar infinito e sob por-do-sol dourado, impossível não contemplar! Viva a fotografia!

🚢📸🌞 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#paisagem #landscapes #praia #natureza #Brasil #inspiração #sunset

– Degustando delícias.

Continuando minhas “mini-férias”, postando mais amenidades para que o blog também esteja “relax”, fui comer o famoso bolinho de bacalhau do Bar do Toninho, no Embaré, em Santos.

Estando por aqui, não tem como não degustar. E fica a dica: peça os pastéis de siri e de camarão (descem muito bem com uma pimentinha…).

Esses, acima, que comemos lá no Toninho estavam sensacionais!

– Life in Motion! / Vida em Movimento.

Running is very good for the body. Always practice any physical activity. / Correr faz muito bem para o corpo. Pratique sempre qualquer atividade física.

🇺🇸 Running, a pleasure for those who want health! Here, anonymous runners to Santos beach, in Brazil.
🇧🇷 Correr, um prazer para quem quer saúde! Aqui, corredores anônimos na Praia de Santos, no Brasil.

Sejamos uma “geração saúde”. Tirei essa foto hoje cedo, no trecho do Gonzaga:

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #paisagem #landscape #nature #fotografia #mobgraphy #photooftheday #pictureoftheday #inspiração #motivação #céu #sky #horizonte #infinito #natureza #Brazil #mobgrafia #inspiration #landscapes #clouds #nuvens #photography #Brasil

– No Ferry Boat…

Como eu gosto de cliques mobgráficos, achei sensacional esse aqui: na balsa Santos-Guarujá, vendo o dia terminar.

Me senti um “marujo” kk. Olhe só, abaixo:

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Dia de Santo Antão.

Hoje é dia de um santo monge eremita: Antão, de uma história incrível e que lutou contra os arianos.

Conheça sua vida (extraído de: http://santo.cancaonova.com):

SANTO ANTÃO, EXEMPLO DE CASTIDADE, DE OBEDIÊNCIA E POBREZA

Pai do monarquismo cristão, Santo Antão nasceu no Egito em 251 e faleceu em 356; viveu mais de cem anos, mas a qualidade é maior do que a quantidade de tempo de sua vida, pois viveu com uma qualidade de vida santa que só Cristo podia lhe dar. Com apenas 20 anos, Santo Antão havia perdido os pais; ficou órfão com muitos bens materiais, mas o maior bem que os pais lhe deixaram foi uma educação cristã. Ao entrar numa igreja, ele ouviu a proclamação da Palavra e se colocou no lugar daquele jovem rico, o qual Cristo chamava para deixar tudo e segui-Lo na radicalidade. Antão vendeu parte de seus bens, garantiu a formação de sua irmã, a qual entrou para uma vida religiosa.

Enfim, Santo Antão foi passo-a-passo buscando a vontade do Senhor. Antão deparou-se com outra palavra de Deus em sua vida “Não vou preocupeis, pois, com o dia de amanhã. O dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado”(Mt 6,34). O Espírito Santo o iluminou e ele abandonou todas as coisas para viver como eremita. Sabendo que na região existiam homens dedicados à leitura, meditação e oração, ele foi aprender. Aprendeu a ler e, principalmente a orar e contemplar. Assim, foi crescendo na santidade e na fama também.

Sentiu-se chamado a viver num local muito abandonado, num cemitério, onde as pessoas diziam que almas andavam por lá. Por isso, era inabitável. Ele não vivia de crendices; nenhum santo viveu. Então, foi viver neste local. Na verdade, eram serpentes que estavam por lá e , por isso, ninguém se aproximava. A imaginação humana vê coisas onde não há. Santo Antão construiu muros naquele lugar e viveu ali dentro, na penitência e na meditação. As pessoas eram canais da providência, pois elas lhe mandavam comida, o pão por cima dos muros; e ele as aconselhava. Até que, com tanta gente querendo viver como Santo Antão, naquele lugar surgiram os monges. Ele foi construindo lugares e aqueles que queriam viver a santidade, seguindo seus passos, foram viver perto dele. O número de monges foi crescendo, mas o interessante é que quando iam se aconselhar com ele, chegavam naquele lugar vários monges e perguntavam: “Onde está Antão?”. E lhes respondiam: “Ande por aí e veja a pessoa mais alegre, mais sorridente, mais espontânea; este é Antão”.

Ele foi crescendo em idade, em sabedoria, graça e sensibilidade com as situações que afetavam o Cristianismo. Teve grande influência junto a Santo Atanásio no combate ao arianismo. Ele percebeu o arianismo também entre os monges, que não acreditavam na divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo. Antão também foi a Alexandria combater essa heresia. Santo Antão viveu na alegria, na misericórdia, na verdade. Tornou-se abade, pai, exemplo para toda a vida religiosa. Exemplo de castidade, de obediência e pobreza.

Santo Antão, rogai por nós!

bomba.jpg

Imagem extraída de: https://ionline.sapo.pt/artigo/580385/as-portas-e-as-tentacoes-de-santo-antao?seccao=Mais_i

– 2ª feira para se chamar de “bonita”.

Como estou no litoral e curto as manhãs/ madrugadas, fui correr na praia do Embaré, em Santos.

Tem como não sentir disposição com esse sol das 06h?

Será um ótimo dia!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby