– Palmeiras x Flamengo, Athletico Paranaense x Red Bull Bragantino. Finais da Conmebol: Uniformes, Arbitragem e… Valores das Taxas!

A Conmebol está bem mais organizada, aparentemente. Divulgou de maneira antecipada vários detalhes das finais das competições que organiza. Até os uniformes dos finalistas do seu torneio foram bem antes discutidos:

Para a Libertadores, Palmeiras x Flamengo jogarão com o seguinte uniforme:

Para a Sulamericana, Athletico Paranaense x Red Bull Bragantino vestirão as seguintes cores:

E a arbitragem? Os escalados, abaixo:

Para a Libertadores, apitará Nestor Pitana. Árbitro de final de Copa do Mundo, experiente, mas que tem altos e baixos em suas atuações. Trabalhou (e muito bem) no Choque-Rei da Libertadores desse ano. Seu árbitro reserva será o compatriota Facundo Tello (que sempre se envolve em alguma lambança – foi mal no jogo Red Bull Bragantino x Libertad há pouco tempo). O VAR é bom – Julio Bascuñan, que se especializou na função (e será muito bem remunerado, vide as taxas mais à frente nessa postagem). Os 11 elementos do jogo, a seguir.

Os valores que eles receberão?

Segundo o site Apitonacional (Link em: http://apitonacional.com.br/noticias/Arbitragem-recebera-mais-de-meio-milhao-de-reais-na-fina-da-Copa-Libertadores.html), o árbitro receberá US$ 20,000.00. (Na semifinal, pagou-se US$ 10,000.00; nas fases iniciais US$ 2,550.00)!

O VAR, US$ 16,000.00.

Os árbitros assistentes (são 2): US$ 16,000,00.

O quarto árbitro, o AVAR e  AVAR2: US$ 8,000.00 cada.

O AVAR 3: US$ 4,000.00 (essa função é nova – e sinceramente, desnecessária, foi criada para esses jogos finais).

Lembrando: os patrocinadores da Conmebol, neste ano, foram os que mais pagaram à entidade na história da competição. E os valores da Libertadores serão os mesmos para os árbitros designados para a final da Sulamericana. A propósito, os árbitros são:

Andrés Matonte tem apenas 33 anos, e é uma aposta (não faz parte dos principias árbitros do quadro da Conmebol, mas a entidade está apostando alto nele devido à sua juventude). Ele não trabalhou em jogos do Red Bull Bragantino, mas em dois jogos do Athletico (vitoria por 1×0 contra o Melgar e derrota para a LDU pelo mesmo placar). Nas Eliminatórias da Copa do Mundo, apitou somente 2 jogos. No Campeonato Uruguaio, está sempre em evidência. Também apitou algumas partidas na Arábia Saudita, junto com outros sulamericanos.

Sobre o uruguaio, assisti a arbitragem dele no Universidad Católica x Palmeiras: ele deixa o jogo correr, não conversa muito e tenta dosar bem os cartões (ou seja: não os aplica à toa, até porque não costuma marcar muitas faltas).

Por fim, confesso que Matonte recebeu uma escala surpreendente, e que o VAR e o AVAR, respectivamente Andrés Cunha e Victor Carrillo, são bem mais experientes do que ele.

Curiosidade: recebi do amigo Sílvio Loredo essa publicidade sobre os custos para ir à final em Montevidéu: considerando a distância, as estadias e o fato de estar incluso ingresso, cá entre nós, os valores são razoáveis:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.