– Técnico de “Time Bom” versus “Técnico de Time Muito Bom”: tem diferença?

Me recordo muito de alguns treinadores marcados por ótimos trabalhos em clubes médios (e eventualmente em times grandes): Givanildo, Lula Pereira, Geninho, Jair Pereira, Joel Santana…

Porém, com material humano de melhor qualidade, poderiam ter feito coisa melhor? O próprio Joel já teve no Flamengo essa chance e deixou dúvidas no ar… o América do México com o “gordinho” Cabañas que o diga!

Escrevo isso pois o argentino Mauricio Pochettino e o norueguês Solskjær (que foram jogadores dos atuais times que dirigem como treinadores) estão sendo contestados: PSG e Manchester United não conseguiram resultados satisfatórios na estreia da UEFA Champions League.

Lembremos: ambos foram bem nas atuais equipes (com o material humano que tinham). Com “upgrade” de Messi e Cristiano Ronaldo, a cobrança por um futebol melhor é evidente.

Diferente daqui do Brasil, onde se troca treinador e só depois se traz algum reforço, lá a situação é inversa. Vide o Santos FC, que na semana em que chegaram os reforços, dispensou Fernando Diniz.

Aguardemos. Mas existe uma questão: com seus elencos milionários, quais treinadores estariam “à disposição” e “à altura” para se mudarem para Paris e Manchester?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.