– Santos FC: o improviso e a sorte não podem ser regras na gestão do futebol.

Há quem adore dizer que “o Santos de Diego e Robinho foi campeão sem planejamento”.

Pior que foi verdade… Leão, o treinador da época, não tinha um bom elenco e usou os jovens garotos.

Outros se gabam em lembrar que “quando não tem jogador, surge a garotada que dá conta do recado”.

Isso também acontece, sejamos justos.

Por fim, lembremos que quando não se esperava, o Santos foi vice-campeão da Libertadores da América em 2020 com um time bem modesto, dirigido por Cuca.

  • A verdade é: louva-se o improviso e desdenha-se do planejamento sério, pensado, estudado… é por que falta capacidade de gestão?

Uma hora, a “sorte acaba” e o prejuízo aparece em forma de rebaixamento.

Ou não?

Santos Futebol Clube – O Maior Brasileiro do Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.