– E por quê não o sem marketing “Prof Cebola”?

Abel Ferreira chegou ao Brasil e será o novo treinador do Palmeiras, tendo acompanhado a ótima vitória do Verdão contra o Atlético Mineiro na Allianz Arena nesta segunda-feira.

Mas observe após 1 derrota na estréia e 4 vitórias, com uma clara evolução no jeito de jogar partida-pós-partida, Andrey Lopes (o “Cebola”) deu uma “cara nova” ao time. Fez um trabalho muito melhor do que o experiente e veterano Vanderlei Luxemburgo estava fazendo.

Fica a questão: Luxa foi boicotado ou estava vivendo com conceitos ultrapassados?

Outra dúvida: com 80% de aproveitamento, não seria ideal dar uma chance de efetivação ao interino, ao invés do gasto com o novo treinador português?

Tudo estará no “se”, mas como o “achômetro” sempre é incerto…

Andrey Lopes elogia Veron e põe segundo lugar como meta do Palmeiras na  última rodada | palmeiras | ge

Um comentário sobre “– E por quê não o sem marketing “Prof Cebola”?

  1. Pois é, estão tratando técnicos como se fossem uma formula perfeita e certa… Tempos atrás com o sucesso do Carille com títulos etc, todo interino era bom e vimos que não é assim, nem o próprio Carille hj é tido como bom técnico. Agora a “moda” são os técnicos estrangeiros, de fato, grande parte deles tem muita experiência, informações etc, mas o futebol brasileiro com o perdão do jargão… é uma caixinha de surpresa rsss, pode a torcida ou imprenssa pedir a cabeça do técnico, pode a diretoria ou alguns dirigentes fazer o trabalho do “professor” mais difícil e sim, podem os jogadores fazer copo mole. Ninguém terá provas disso, nenhum jogador vai admitir, mas que existe existe rssss. Abraço!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.