– E as questões emocionais dos professores durante essa pandemia?

E o que dizer do sacrifício dos professores durante essa longa pausa da normalidade?

Profissionais estressados, aprendendo a se reinventarem em meio ao caos, digitalizando-se e dando aulas virtuais sem nunca tê-lo feito, passando horas adicionais preparando planilhas, power-points ou animações, entre tantas outras coisas.

E o tempo-extra gasto, deixando a família de lado?

E os custos particulares (conexões / novos planos de internet, insumos diversos)?

E os finais de semana que não puderam ser aproveitados para o descanso?

E as mensagens enviadas pelos alunos fora dos horários de aula, tendo que ser respondidas a qualquer hora, sabedores que eles, docentes, muitas vezes são o único canal de comunicação entre o discente e a faculdade (por inúmeros motivos)?

Por fim, e o desgaste emocional dos docentes?

Quando as férias chegarem (e precisam ser de verdade), que os professores possam desligar seus whatsapps, emails, telefones e tantas outras coisas para terem, ao menos um pouco, PAZ.

Professores exaustos e desiludidos com a profissão » Educare - O Portal de  Educação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.