– Que vergonha, Witzel e Pastor Everaldo!

Uma situação vexatória: o jundiaiense Wilson Witzel, que largou o ofício de Juiz para ser Governador do Estado do Rio de Janeiro, foi afastado do seu cargo por suspeita de corrupção. Seu braço direito, o ex-candidato à presidência Pastor Everaldo (PSC-RJ), está preso.

O pior é que as provas são inúmeras e parece ser mais um político carioca a ir para a cadeia. Justo ele que defendia a moralidade.

Aliás, pouco se aborda: os sistemas anti-corrupcão à base de inteligência artificial que estão sendo instalados, em especial à fiscalização aos recursos federais enviados aos estados, parecem estar funcionando…

Uma pena que, entra ano sai ano, ser temos desilusões na Política.

Afastamento de Witzel: do PSOL a bolsonaristas, deputados da Alerj comentam  decisão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.