– Simon, Obina, Sálvio, Godoi, Belluzzo… quem tem razão?

Por falta de tempo, não escrevi sobre esse fato, e o faço agora: no começo da semana, bombou o assunto “Simon e Obina” nas Redes Sociais.

O motivo?

A admissão de Carlos Eugênio Simon de que errou ao anular o gol de Obina, naquele polêmico Fluminense x Palmeiras em 2009. Isso aconteceu na Fox Sports, emissora onde o ex-árbitro trabalha, durante o novo programa de Benjamin Back, com Obina presente.

Simon não disse que errou de má fé, mas admitiu que percebeu ter errado ao assinalar um escanteio ao Palmeiras ao invés de tiro de meta ao Fluminense. Durante a cobrança, pelo que deu a entender em sua explicação, “consertou o erro” com a marcação da falta, “auto-pressionado” pelo erro.

E o gol?

Ora, não nos esqueçamos que o jogo já estava parado. Mas independente disso, muito se reclamou por parte dos palmeirenses. Um deles em especial: o Professor Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Palmeiras na época e que “pegou pesado” com ofensas pessoais, foi processado pelo árbitro gaúcho e condenado a pagar indenização.

Muitos reclamam que aquele jogo decidiu a “derrocada do Verdão no Campeonato”. Ora, havia mais jogos e o lance surgira de jogada irregular.

Particularmente, entendo o que Simon fez e o que quis dizer. Assumiu um erro, mas não pode ser condenado “por pecado capital”. Talvez, para quem conhece o Catecismo da Igreja Católica, como “pecado venial” (leve, perdoável).

Belluzzo, agora, disse que pedirá ressarcimento dos R$ 60 mil que teve que pagar na Justiça.

E agora?

Cada um que fique com sua opinião. Sou contra a lei da compensação, mas entendo não ter sido uma “sacanagem de caso pensado”, e sim uma necessidade de consertar um erro (de maneira errada, lógico). Eu não faria. Li que Oscar Roberto Godoi afirmou já ter feito algo parecido. Sálvio Spínola, na ESPN, recriminou.

1. Todos tem lá sua razão.

2. Todos foram grandes árbitros.

3. Todos os árbitros citados aqui são pessoas honestas, respeitáveis, foram grandes apitadores e têm uma visão específica do assunto. E os admiro como comentaristas / jornalistas que hoje são.

4. A questão é: as bobagens quanto a índole de Simon, ditas por Belluzzo (foram grosserias pesadas) são válidas, agora, por tal confissão de erro?

– Para mim, ainda não.

Seriam, se Simon dissesse que estava vendido, que foi cooptado ou algo assim. Parece-me uma justificativa tardia de explicar como se perdeu aquele campeonato, por parte dos ex-dirigentes. Entendo, também, que a expressãoperigo de gol, dita por Simon literalmente e tão pejorativa no futebol, foi motivo de revoltas para muito.

Em tempo:

Puxando pela memória, me recordo: Toninho Cecílio, ex-diretor de futebol do Palmeiras, rasgou elogios ao Simon no microfone da Rádio Jovem Pan, ao repórter Luiz Carlos Quartarollo, minutos antes da partida. E, não nos esqueçamos: um importante dirigente da arbitragem, na oportunidade, disse que para este jogo, a equipe paulista queria um árbitro da FIFA, com experiência de Copa do Mundo, preparado para competições internacionais. Simon era o único a atender tal desejo da cartolagem e coincidentemente foi sorteado.

Não sejamos hipócritas, né? Erros acontecem (não podem acontecer), mas superdimensioná-los é perigoso.

Aliás, convido os amigos a lerem o texto da época no Blog do jornalista Fernando Sampaio: por diversas vezes ele relatou tal situação (assim como tantos outros jornalistas): o jogo estava parado quando sai o gol (então, não foi um gol anulado) e nem escanteio tinha sido. Dessa forma, nada de querer validar um gol irregular (que nem aconteceu), 9 anos depois.

Respeito todas as opiniões em contrário, claro, desde que sejam educadas e com pensamento concatenado.

Resultado de imagem para Simon Obina

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s