– A “Lei da Compensação” em Ceará 1×2 Palmeiras foi o “3º e pior” dos erros!

Vi somente durante a madrugada e não tenho dúvida em escrever: ao perceber que não marcou um pênalti de Gustavo Goméz em Mendoza, o árbitro Anderson Daronco “torceu inconscientemente” para algo semelhante acontecer e marcou um pênalti inexistente de Danilo em Viña. E “torcer” significa “esperar um lance parecido, a fim de corrigir um erro”, sem ser má fé, mas sucumbido pela pressão.

Dessa forma, foram dois erros de interpretação: não marcar o que foi e marcar o que não foi. E aí criou-se um 3º erro: o da compensação, da falta de personalidade, de fazer média…

Não interessa se foi ver no VAR ou não foi. Interessa que eram lances que dá para o árbitro avaliar tudo isso dentro de campo. Ou se desaprendeu a apitar sem o recurso do vídeo?

Mas aqui uma ressalva importante: o diretor do Palmeiras, Anderson Barros, reclamou bastante depois do jogo. Entretanto, as queixas palmeirenses não se referem à melhora da arbitragem em geral, pois as manifestações só acontecem com os erros contrários.

Repare: quando o erro é a favor, como o de Gustavo Gómez, Abel Ferreira se cala. Quando é erro contrário, como o de Danilo, ele se manifesta dizendo que é “contra tudo e contra todos”. Aí também não pode.

Ceará x Palmeiras: onde assistir, horário e escalação das equipes

Imagem extraída de: https://esportes.estadao.com.br/blogs/bate-pronto/ceara-x-palmeiras-onde-assistir-horario-e-escalacao-das-equipes-2/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.