– Vão relaxar para os corruptos condenados por Sérgio Moro?

Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski (os dois juízes mais polêmicos da Corte, justamente por decisões que o senso popular critica por liberar / aliviar pessoas, em tese, corruptas), entenderam que na sentença do ex-juiz Sergio Moro contra Paulo Roberto Krug (doleiro envolvido com Alberto Youssef), houve parcialidade na condenação e a anularam.

Caramba… tal decisão é rara, e abre um precedente para outras do tipo.

O medo é: esses ministros estão dando brechas para soltar os corruptos do Petrolão?

Supremo aponta parcialidade de Moro e anula sentença do caso ...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.