– A Ressurreição de Felipão. Mas e na Ciência do “Achismo”?

Parabéns à Conquista do Palmeiras, que foi o melhor time de futebol do Campeonato Brasileiro 2018. Não há o que discutir quanto a isso (apenas se, caso queria, debater sobre a “beleza” do jogocoisa que os clubes brasileiros se esqueceram há muito tempo… jaz futebol-arte).

Mas aqui faço um mea culpa e uma importunação. Vamos lá:

Eu duvidava da capacidade de Luís Felipe Scolari quando foi contratado. E ressalto o que disse há época: o Felipão de 1994 até 2006, era ótimo! O da atual década, foi treinador no Uzbequistão, teve imensa participação no último rebaixamento do Palmeiras, levou 7×1 em casa na Copa do Mundo de 2014 e culminou com o abandono do banco do Grêmio em uma partida do Campeonato Gaúcho! Tudo mostrava que o campeoníssimo, vitorioso e experiente treinador se tornara um homem ultrapassado e impaciente. E foi embora para a China!

Não é que o “Big Phill“, como a imprensa internacional o chamou em 2002, voltou e foi campeão brasileiro, recuperando o Palmeiras de um possível mico? Mas aqui é inevitável perguntar: com o dinheiro da Crefisa, a estrutura montada pelo Palmeiras, com o competente corpo administrativo e os jogadores renomados, um outro experiente técnico não faria o mesmo, como Luxemburgo, Abel Braga, Tite ou até mesmo Renato Gaúcho?

Trocando em miúdos: o Palmeiras foi campeão GRAÇAS A SCOLARI, ou a percentagem de importância não é tão grande como se apregoa?

Ficaremos no achismo, no outrismo, na curiosidade…

Resultado de imagem para Palmeiras 2018

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.