– O troca-troca de jogadores envolvendo clubes de futebol

Essa história de “troca-troca” de jogadores” que se fala envolvendo Santos e Palmeiras, era comum no futebol na década de 70. Sem dinheiro, negociar permutas ou algo parecido se faz necessário.

O último grande negócio que me lembro desses foi nos anos 90: São Paulo e Cruzeiro fizeram o famoso “5 por 2”: a Raposa cedeu Beletti e Serginho (laterais na época) e o Tricolor enviou aos mineiros Gilmar (zagueiro), Vítor (lateral direito), Ronaldo Luís (lateral esquerdo), Donizete (volante), Palhinha (meia) e Aílton (atacante).

A grande questão se torna: vale a pena para os clubes? Diz-se que o Santos liberaria Soteldo para o Palmeiras, em troca de Lucas Lima. “Elas por elas”, não dá! Deve ter mais atletas envolvidos e um pouco dinheiro.

Um detalhe: será que os atletas envolvidos querem mudar de clube?

Aguardemos!

Palhinha que chegou ao Cruzeiro na troca com o São Paulo e foi peça importante nas conquistas dos títulos da Copa do Brasil de 1996 e da Libertadores em 1997

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.