– Felipão dará certo no Palmeiras?

Eu já trabalhei em jogos de Luís Felipe Scolari como treinador, e não só pelas suas conquistas, mas pela educação ensinada pelos meus pais, respeito-o. Mas não deixo de lembrar: ô sujeito mal educado!

Claro que Felipão foi vitorioso no Grêmio, no Palmeiras, na Seleção Brasileira de 2002, além do Bunyodkor do Azerbaijão e no Guangzhou Evergrande da China. Mas os trabalhos recentes em clubes relevantes (Palmeiras em 2012 e Grêmio 2015, além da Seleção Brasileira de 2014), foram horrorosos!

A propósito, o mundo dá voltas: Roger Machado surgiu exatamente como substituto de Scolari no Grêmio, em sua derradeira e ruim passagem. Hoje, é o próprio Scolari que substitui Roger Machado no Palmeiras.

Cá entre nós: será que os jogadores do presente viram o auge da carreira do treinador na década de 90, suas incríveis polêmicas e ‘bravezas”, culminando no pentacampeonato da Seleção (e assim o respeitarão), ou somente eles têm na lembrança o treinador que participou da jornada desastrosa do último rebaixamento do Palmeiras e do trágico 7×1 da Copa do Mundo?

Há 25 anos, eu contrataria de olhos fechado o Felipão do Grêmio (1993 a 1996), vencedor de quase tudo. Em 2018 (portanto: HOJE), eu pensaria bem em contratá-lo e estudaria em qual clube ele cairia bem.

O único que perde é Scolari, que está bem rico, que poderia estar curtindo a vida, os filhos e netos em Portugal, livre de críticas e possíveis desgostos.

Parece-me que foi uma contratação mais emocional do que racional. Estamos na época da necessidade de treinadores que “pensam o jogo taticamente” (a Copa da Rússia mostrou isso), não de motivadores sanguíneos que gritam à beira do gramado. Mais: não existe no elenco do Palmeiras a dupla obediente formada por Paulo Nunes e Jardel, nem um Oséas para ganhar todas de cabeça na área, mas sim um Dudu e um Felipe Melo para serem “doutrinados”.

Não sei se Scolari foi ou não uma boa aposta. Ajudado pela tabela, em tese, um pouco mais “leve” que o Palmeiras enfrentará nos próximos dias, poderá dar um choque de ânimo na equipe. Mas se resolve a questão de títulos, impossível prever.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.