– A 1a vez da Lei Anti-Simulação na Inglaterra

Para a temporada 2017/2018, a Federação Inglesa de Futebol (FA) determinou que lances de simulação de pênaltis, em todos os torneios e de todas as divisões, fossem punidos severamente por uma comissão pós-jogo com duas partidas de suspensão.

Funciona assim: se o atleta simular e o árbitro perceber, a punição é a habitual da própria Regra do Jogo (cartão amarelo e tiro livre indireto ao adversário). Mas se o árbitro for ludibriado e marcar o pênalti, a comissão formada por 3 pessoas (ex-árbitro, ex-jogador e ex-treinador) se reunirá posteriormente à partida e deverá confirmar ou não que o tiro penal foi marcado indevidamente.

Nesta última semana, dois atletas foram avaliados como suspeitos de simulação:

1- Richarlison (ex-Fluminense) foi acusado de cavar um pênalti na partida entre Watford x Arsenal (Premiere League). Após análise da Comissão, ele foi absolvido por se entender que o lance era muito polêmico e inconclusivo.

2- Shaun Miller, atacante, na partida entre Carlisle United x Wycombe Wanderes (4a divisão). Miller joga pelo Carlisle e se atirou na grande área. O juiz entendeu que ele foi desequilibrado pelo marcador e marcou o pênalti. A Comissão declarou que o atleta agiu de má fé e determinou os dois jogos de suspensão como punição fazendo valer a lei da anti-simulação pela primeira vez na história.

  • E você, acha que tal lei seria necessária também no Brasil?

Toda vez que falo ou escrevo sobre simulação me lembro da tentativa de “auto-pênalti” de Leandro Damião, jogando pelo Santos, quando ele puxou a própria camisa e pediu pênalti! Lembram?

bomba.jpg

Anúncios

2 comentários sobre “– A 1a vez da Lei Anti-Simulação na Inglaterra

  1. Porcari
    E as simulações de contusão para ganhar tempo? E as simulações de agressoes para induzir o arbitro ao erro? Tambem deveriam serem punidas exemplarmente, com analise pós jogo. Contusões os proprios arbitros poderiam avaliar. O cara pede maca, chega na beira do campo levanta e pede retorno. Simulação clara. Cartao amarelo e reincidencia, vermelho. Mas é a vontade politica para fazer isto?
    Outra coisa: aboliram a regra dos 6 segundos para o goleiro? Goleiro pode sair da area com a bola nas maos para reposicao? Defesa em 2 tempos foi abolida tambem? Falta de alguem com coragem para orientar os arbitros e assistentes a punirem estas situações. Defendo a tese de jogador que sai de campo para atendimento medico, um tempo fora, controlado pelo quarto arbitro. Acaba com a palhaçada.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s