– Coaching de Fé ou Exagero?

Abaixo, publico um recorte da Folha de São Paulo da semana passada. Ele retrata algumas curiosidades da ExpoCristã, uma feira voltada ao Mercado Evangélico. Nele, há uma manchete de um “motivador teólogo” destinado a “pastores desmotivados”.

Independente da crença: poderia ser para sacerdotes católicos, rabinos judeus, religiosos islâmicos…, mas a cobrança de R$ 1.000,00 (sendo assim, um serviço profissional de motivação), em se tratando da fé, não é algo discutível?

No mínimo, tal teólogo realiza algo “diferente”, não? Sou a favor que pessoas engajadas na Evangelização a façam de maneira desprovida, embora, confesso: é algo novo e discutível.

OPS: isso não quer dizer que padres e pastores devam trabalhar de graça, logicamente.

Anúncios

Um comentário sobre “– Coaching de Fé ou Exagero?

  1. Interessante essa matéria, tem ocorrido um movimento ligado a isso onde pastores estão buscando formações em coaching para “incrementar” seu trabalho na fé. Parece uma tendência que veio pra ficar!

    blog.carolinereiscoaching.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s