– O Choque Político entre os Países da Copa do Mundo na Rússia

Em 2018, no Mundial de Futebol da Rússia, teremos algumas nações que demonstram inimizade política muito clara com possibilidade de se enfrentarem. Um dos casos: Arábia Saudita X Irã, nações que se estranham entre os governantes por conta da linha islâmica Sunita X Xiita, da questão do apoio ao Iêmem (iranianos são parceiros desta nação inimiga do povo saudita) e da simpatia ou não para com os EUA. Sem contar com o Egito, vítima recente de terrorismo e a questão do próprio medo do Estado Islâmico atacar a Rússia, que está em combate contra eles.

Lembram-se que por muito menos (felizmente de pouca significância para o mundo) tivemos um “choque conflitante” no Mundial de 2014 no Brasil? Mas aqui não era questão geo-politico-economica, mas simplesmente… cultural.

A culpa? Por incrível que possa parecer, da beleza de Fernanda Lima!

Compartilho, publicado aqui no blog logo após o sorteio das chaves da Copa do Brasil 14:

O CHOQUE CULTURAL ENTRE OS PAÍSES DA COPA DO MUNDO 2014

Rapidamente, responda: quais os clichês que costumam ser lembrados quando se cita o Brasil?

Praia, Carnaval, Samba, Bossa Nova, Mulata, Caipirinha, Mulher Bonita, Futebol…

E isso agrada a todos?

A muitos, sim. Em especial aos que gostam de muita farra. Mas para povos mais conservadores, isso pode chocar. É o caso do Irã, uma teocracia onde os costumes são tradicionalistas ao extremo e o conservadorismo dita a vida das pessoas.

Digo isso pelo episódio que envolveu a belíssima atriz Fernanda Lima, que apresentou o Final Draw FIFA (o sorteio final da Copa). Os iranianos postaram mensagens de protesto contra a FIFA e contra a Fernanda Lima, alegando que a roupa da apresentadora era indecente e a entidade maior do futebol deveria pensar em não ferir os costumes de pessoas de outras partes do mundo, já que o evento é global.

Decotes são proibidos em boa parte do Oriente Médio, e, cá entre nós, censuram até imagens fotografadas, esticando as roupas por computação gráfica, a fim de evitar a exposição de tais vestimentas nas mídias. A TV estatal cortou o vídeo de Fernanda, enquanto que uma jornalista iraniana pedia desculpas aos telespectadores, alegando que tentariam fazer a melhor transmissão possível.

A mim choca ver algumas iranianas de burca e sem liberdade de expressão, mas eu respeito, afinal é a cultura local.

E você, o que pensa sobre isso: falta tolerância religiosa/cultural?

article-2519532-19E8FAF000000578-327_634x950.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.