– A queda de preço “de mentirinha” dos combustíveis!

O aumento acumulado da Gasolina nos últimos meses (de Julho a Novembro) atingiu a marca de 27%, em diversos e contínuos micro aumentos (foram 85 reajustes). Praticamente, a Petrobrás faz esses reajustes (ou como ela gosta de dizer: realinhamentos) diariamente.

Depois de 3 significativos aumentos no feriado, onerando o preço à vista na bomba em quase R$ 0,12 no prazo de 4 dias, há um anúncio em todas as mídias sobre uma redução de preço para a Gasolina, em… 0,38%.

Você não se enganou: depois de subir tanto o preço, resolveu diminuir o impacto com uma “merreca” insignificante, que em reais, significaria R$ 0,01!

É o chamado “engana que eu gosto”… deveria fazer a mesma publicidade dos aumentos como faz quando raramente reduz.

A propósito, você tem acompanhado a confusão nos postos do Estado de Goiás? Lá, dizem que há a prática de cartel. Mas aqui no estado de São Paulo, a “guerra” é outra: a do lucro mínimo, onde alguns maus comerciantes adulteram produtos, roubam na galonagem e praticam preços impensáveis do ponto de vista da revenda honesta. Aos corretos, beira-se a insolvência…

Enfim: a política de preço flutuante, mas que somente aumenta o valor, tem maltratado postos e clientes. Quem ganha é apenas a Petrobrás!

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s