– Situação e Oposição querem salvar Aécio? A união de PT, PMDB e PSDB

Justamente ontem questionamos os motivos aos quais Lula e Aécio Neves não estavam ainda no Xilindró (vide aqui: https://professorrafaelporcari.com/2017/09/27/os-recibos-de-lula-e-a-pergunta-por-que-ele-e-aecio-estao-soltos).

Hoje, leio que Governo e seus Opositores estão unidos para evitarem a Prisão de Aécio Neves.

Por quê se uniram, não?

Seria solidariedade ao amigo, medo de que outros senadores passem por isso, ou, no fundo, todos fazem parte da mesma quadrilha?

Impera a picaretagem na Política Nacional, infelizmente…

bomba.jpg

Anúncios

– Quando o STF resolverá o imbróglio Brasil?

Hoje começará o julgamento da chapa Dilma + Temer. Na ocasião, PT e PMDB estavam unidos umbilicalmente, não existe o que contestar. Mas depois que brigaram e Temer assumiu o poder, o PSDB tomou proveito e se uniu ao peemedebista.

Agora, leio que os tucanos esperam a decisão (que acho que será demorada) para “desembarcar” do Governo ou não.

Quer dizer que o cara se torna errado do dia para a noite, dependendo da decisão da Justiça? Tem duvida ainda?

No fundo, se analisarmos, a culpa do PMDB estar no poder é exclusivamente de dois partidos: PT e PSDB; o primeiro por namorar e casar com o apoio do Temer; o segundo por se aproveitar da situação e querer ser poder.

bomba.jpg

– Dilma, Lula, Aécio e Serra na Lista da PGR! E tem tonto que briga por políticos…

Quando algum fanático radical de qualquer legenda política discutir e defender com unhas e dentes o candidato X ou Y do partido A ou B, lhe mostre a Lista do Rodrigo Janot, Procurador Geral da República.

O documento de incríveis 500 gigabytes com o material analisado de 950 termos de 78 delatores, trouxe como nomes de destaque na corrupção brasileira:

  1. – Os ex-presidentes Lula e Dilma (PT),

  2. – Os ex-candidatos a presidência Serra e Aécio (PSDB),

  3. – Os senadores Edison Lobão, Romero Jucá e Renan Calheiros (PMDB),

  4. – Os atuais presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício de Oliveira (PMDB),

  5. – Os atuais ministro de Temer: Aloysio Nunes Ferreira e Bruno Araújo (PSDB), Moreira Franco e Eliseu Padilha (PMDB) e Gilberto Kassab (PSD).

  6. – Os ex-ministros do Governo Dilma: Antonio Palocci e Guido Mantega (PT).

Será que todos eles vão para o Xilindró?

E ainda há maluco (ou tonto) que defenda essa gente bandida. Ou quem pratica corrupção e quebra o país não é criminoso de colarinho branco?

bomba.jpg

– Farto de fanáticos políticos? Eu sim!

Se você cansou de ver amigos brigando por política (e há os que acham seus candidatos os “ideais”, “perfeitos” e “incorruptíveis”), saiba que eu estou contigo!

Assusta o fanatismo de direita e o de esquerda. E na semana passada, Kim Kataguiri (do Movimento Brasil Livre – de direita) e Thiago Pará (do Levante Popular da Juventude – de esquerda) travaram um debate interessantíssimo na Rádio Jovem Pan.

Vale a pena assistir e ver como é importante ter momentos de ponderação (como houve em  algumas falas) e como se deve evitar o fanatismo que cega a razão (presente em muitas discussões aqui).

Abaixo, ou em: https://www.youtube.com/watch?v=AmavB-RjER8&t=1840s

– Piada: PMDB quer mudar o nome para MDB?

Romero Jucá, tão enrolado na Roraima e no resto do Brasil por suspeitas de corrupção e braço direito do presidente Michel Temer, disse que o PMDB estuda mudar o nome para MDB até o final do ano, resgatando antigos valores do partido.

Ora, o MDB era o partido de Ulisses Guimarães e de tantos outros que lutavam pela democracia no Brasil nos tempos da Ditadura contra a Arena, o partido dos militares. Quer me fazer acreditar que Renan Calheiros e seus amigos se tornarão mais honestos com a simples mudança das letras da sigla?

bomba.jpg

– Que se resolva logo quem será o Presidente do Brasil!

Escrevo sem saber como será a votação sobre o impeachment ou não da presidente Dilma, hoje a tarde. Estou passado, cansado e de saco cheio de política. Eu, e creio, a maioria dos brasileiros, não aguenta mais o blablablá dos senhores políticos. Tirarei minha tarde para resolver pendengas de trabalho e curtir as pessoas queridas.

Durante esse final de semana, só se ouviu conversa fiada. Ou melhor, os monólogos dos Deputados nas madrugadas pré-votação. Há para todos os gostos…

O “ar da mudança” existe, é inegável. A possibilidade de um clima menos negativo, de fato, pinta no Brasil. Mas não nos iludamos: muda do PT para o PMDB que já estava lá, com apoio do PSDB de Aécio (estranhamente tão sumido e com denúncias nas costas).

Lula se fortalecerá (infelizmente) para 2018 (se não estiver preso ou com os direitos cassados), pois estará na melhor zona de conforto que gosta: a de oposição.

REITERO: Não nos iludamos! A ética não voltará, tampouco a corrupção cessará. Só trocará (se trocar) a quadrilha.

Aliás, a sequência de votação dos deputados é cômica. Para que estados intercalados? Faça por ordem alfabética, ora bolas!

Xô corrupção!

Assisti a um vídeo espetacular sobre “moralizar o Brasil” (pena que os idealizadores não cumpriram o que fizeram de apologia), em: https://m.youtube.com/watch?v=dHSQjj2LSgw&feature=share

bomba.jpg