– As críticas são inevitáveis. E como você as encara?

Aristóteles, o filósofo grego tão conhecido, um dia disse que “só há uma maneira de evitar críticas: não faça nada, não diga nada e não seja nada”.

  • Como elas são aceitas por você?

Particularmente, ouço as críticas e, se elas forem coerentes e de gente que conhece do riscado, reflito atentamente. Se for de hater, leio (pois até mesmo deles pode ter algo a melhorar) e respiro fundo, sem dar muita bola na maioria dos casos). Mas não podemos nos deixar influenciar a todo instante por elas!

Um comentário sobre “– As críticas são inevitáveis. E como você as encara?

  1. Eu passei por isso. Mandei um e-mail com instruções para 120.000 funcionários com informações imprecisas. O e-mail não estava muito claro e era sobre Segurança da Informação. A lógica do e-mail era a de que os usuários já detinham um certo tipo de conhecimento, o que não era verdade. Fui chamado pelo CISO da empresa e ele me disse duas coisas:
    1 – Eu estou rodeado de funcionários que nunca erram, porque eles não fazem nada.
    2 – Não repita esse tipo de erro. Mande uma Errata e resolva isso.
    Foi uma lição e tanto que carrego comigo faz mais de 15 anos. Só erra ou corre o risco de errar quem tenta fazer alguma coisa. Todos os outros são perfeitos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.