– A interferência indevida e o aceite da pressão na escala de São Paulo x Grêmio.

Na derrota por 3×0 para o Atlético Mineiro, o São Paulo reclamou do VAR por ter anulado um gol legal de Luciano por impedimento. O presidente da Comissão de Árbitros da CBF, Leonardo Gaciba, declarou nesta semana que o erro aconteceu pela falha humana dos árbitros no uso do equipamento.

Neste tipo de situação, quem mais deve ajudar é o AVAR, ou seja, o “bandeira de vídeo”. Mas quem leva a fama para maioria das pessoas é o responsável maior, que foi o árbitro de vídeo Rafael Traci.

Paralelamente a isso, nesta última 5ª feira, o São Paulo FC foi à CBF reclamar de Rodolfo Toski, árbitro do empate com o Fortaleza por 3×3. Eis que Gaciba o havia escalado para VAR do jogo de sábado: São Paulo x Grêmio. Pela insatisfação tricolor, houve a substituição dele por Elmo Alves Resende Cunha.

E quem apitará o jogo como árbitro principal? Rafael Traci, o VAR “culpado do jogo do Mineirão”!

Se a pressão contra Toski surtiu efeito (trocado da escala depois de ter sido até divulgada no site da CBF), qualquer erro de Traci a favor do São Paulo será interpretado como “devolução do gol retirado em MG”!

Acho que Leonardo Gaciba perdeu a mão: aceitou a influência de um clube na escala e deixou um árbitro questionado para apitar um jogo na casa do reclamante…

São Paulo x Grêmio: siga os lances e o placar AO VIVO da partida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.