– O arqueólogo da cerveja!

Que interessante! Um mestre cervejeiro especializado em história, ou um arqueólogo especializado em bebidas?

Conheça o homem que recriou os sabores das cervejas bebidas pelos egípcios, chineses de 7000a.C., turcos e até pelo rei Midas!

Extraído de: http://is.gd/ZJrLAI

BEBENDO HISTÓRIA

Depois de passar décadas rastreando bebidas ancestrais, arqueólogo recria cervejas milenares.

Por Juliana Sayuri

O arqueólogo Patrick McGovern passou duas décadas rodando o mundo em busca de cálices sagrados — e encontrou. Em recipientes usados por civilizações antigas para guardar suas cervejas, ele recuperou receitas de até 9 mil anos. Desde 1999, esse Indiana Jones cervejeiro passou a usar o que aprendeu analisando os vestígios das bebidas ancestrais para reconstituí-las com tecnologia moderna — mas ingredientes e fermentação à moda antiga. Dos dados que colheu em escavações surgiram edições limitadas de 5 cervejas fabricadas por civilizações antigas (veja abaixo).

Como diretor científico do Laboratório Arqueológico Biomolecular do Museu da Universidade da Pensilvânia, Patrick firmou um acordo com a cervejaria Dogfish para criar a linha Ancient Ales, só de cervejas milenares. Entre uma descoberta e outra, ele experimenta as receitas diversas vezes até encontrar a fórmula mais fiel às tradições. “Cada bebida é diferente. É preciso experimentar e fazer muitos ajustes, especialmente naquelas com muitos ingredientes distintos. E degustar nunca é demais”, diz McGovern. Copos do ofício.

Imagem gratis no Pixabay - Cerveja, Espuma, Vidro, Caneca | Caneca ...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.