– Homofobia ou Heterofobia?

Tempos atrás, uma confusão ocorreu em frente ao Mackenzie. Homossexuais reclamavam de homofobia e acabaram extrapolando contra o chanceler da instituição, Augustus Nicodemus (matéria retrada em Veja SP, edição de 01 de dezembro de 2010). 

Todos somos iguais perante Deus. Discriminação de qualquer forma é crime no Brasil. Até aí, sem discussões. 

A preocupação é: parece que aqueles que não concordam com a homossexualidade acabam sendo marginalizados. E aqueles que marginalizam não concordam com a heterossexualidade. 

Algo muito importante: defender o homossexualismo não é fazer apologia dele; praticá-lo não dá direito também de criticar o heteressexualismo

Independente da opção sexual, todos devem-se respeitar mutuamente. Nas “Cartas à Redação” da mesma Veja SP, na edição posterior, uma leitora escreveu acertadamente o que penso: 

HOMOFOBIA 

Gostaria de manifestar minha solidariedade ao chanceler Augustus Nicodemus, do Instituto Presbiteriano Mackenzie (“Confusão no Mackenzie”, 1º de dezembro). É importante salientar que a Constituição eleva à condição de direito fundamental a liberdade de consciência e de crença, mediante previsão no artigo 5º, inciso VI, que assim dispõe: “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”. Ocorre que o Projeto de Lei nº 122/06 (Lei da Homofobia) criminaliza qualquer manifestação contrária ao homossexualismo. Ora, a “Bíblia Sagrada”, que é o fundamento das religiões mais praticadas no Brasil (catolicismo e protestantismo), faz diversas referências contrárias à prática do homossexualismo. Não significa dizer que se deva tolerar a discriminação de homossexuais, os quais, como todo ser humano, precisam ser respeitados. Porém, também não se podem cercear os direitos garantidos pela Constituição à liberdade de consciência e de culto, que, uma vez fundados na “Bíblia Sagrada”, não se coadunam com a homossexualidade. Ou será que o livro mais lido no mundo será tirado de circulação no Brasil, assim como se pretende fazer com as obras de Monteiro Lobato?
CLAUDIA RODRIGUES ALMEIDA

bomba.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.